Menu
Busca domingo, 16 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Cidade

Prefeitura intensificará trabalho de revitalização para liberar pista da norte-sul

Após quitar débito de medições pendentes, a previsão é de que a partir da próxima semana, as obras voltarão a ser tocadas

11 setembro 2019 - 10h55Priscilla Porangaba, com informações da assessoria

A Prefeitura de Campo Grande anunciou que vai conseguir pagar quase 78% das medições pendentes de quitação na revitalização do Rio Anhandui, após liberação de R$ 3 milhões por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Após quitar o débito, a previsão é de que a partir da próxima semana, as obras voltarão a ser tocadas em um ritmo mais intenso, tempo necessário para as empreiteiras reforçarem as equipes.

Segundo o secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, a prioridade é reabrir ao tráfego a pista bairro, sentido centro da avenida Ernesto Geisel, no trecho entre as ruas Santa Adélia e Aquário.

Ainda segundo a Prefeitura, na próxima semana, equipes da SISEP vão iniciar a recomposição da base do pavimento, fechar os buracos onde o asfalto foi mantido, serviços que precederão ao recapeamento. Os funcionários das empreiteiras já estão trabalhando na reconstrução do meio-fio.

Assim que aprovada a reprogramação, em fase final de análise, começam os serviços de acabamento do primeiro lote entre as ruas Santa Adélia e da Abolição, com  implantação da ciclovia, onde já está pronto o guarda corpo de concreto com 1,8 metro de altura que separa o canal do traçado da ciclovia,  recomposição do pavimento e urbanização.

O andamento das obras de controle de drenagem, controle de enchentes e revitalização do Rio Anhandui, numa extensão de quase 2 quilômetros, ficou prejudicado por conta do atraso no repasse de recursos, totalizando R$ 4,9 milhões, que foram  liberados em duas parcelas, R$ 3 milhões em junho e mais R$ 1,9 milhão, no mês seguinte.

Fiorese disse que o prefeito Marquinhos esteve mais de uma vez em Brasília, onde se reuniu com o ministro Gustavo Canuto. Ele também contou com o apoio da bancada federal para garantir a continuidade da obra.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Procon-CG alerta sobre novo golpe
Cidade
Na capital, Dias Toffoli elogia programa de ressocialização de detentos do MS
Cidade
Marquinhos lança nova etapa da campanha "Operação Mosquito Zero"
Cidade
Campo Grande receberá congresso nacional de arborização
Cidade
Fumacê passará por três bairros nesta quinta
Cidade
Posto Locatelli é autuado pelo Procon-MS por preços abusivos
Cidade
Marquinhos decreta folga no carnaval para servidores municipais
Cidade
Mau tempo na capital pode atrasar voos
Cidade
Agetran alerta para interdições na capital
Cidade
Relógio da 14 de Julho ajudará em campanhas de conscientização

Mais Lidas

Geral
Sem acertos, Mega-sena acumula para R$ 170 mi
Polícia
Homem com ciúmes corta pescoço da namorada com machete
Educação
Último dia para fazer a carteirinha de estudante digital
Polícia
Família procura por adolescente desaparecida há cinco dias