Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cidade

Procon visita 138 estacionamentos e constata diferença de até 1.900% nos preços

Estacionamentos são todos da região central de Campo Grande

26 setembro 2019 - 11h33Vitória Ribeiro, com informações assessoria

Equipe de pesquisadores da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor - Procon/MS, saíram a campo realizando preços praticados por estacionamentos particulares situados na área central da Capital, ocasião em que visitaram 138 estabelecimentos, dos quais 105 estão sendo divulgados.

A diferença numérica entre os estacionamentos pesquisados e os divulgados ocorre em face de 33 deles não possuírem Alvará de Localização e Funcionamento o que configura desobediência ao Código de Defesa do Consumidor. Nas planilhas é possível detectar pontos divergentes ou que suscitam dúvidas uma vez que, no exercício do livre comércio, alguns locais utilizam métodos que, levados em consideração, os cálculos a respeito de tempo de utilização “não fecham”.

Um exemplo é o estacionamento do Posto Nossa Senhora Aparecida localizado na avenida Afonso Pena no centro de Campo Grande onde para permanência  de 15 minutos para carro ou moto são cobrados R$ 3,00. Para 30 minutos o valo pago é de R$ 5,00 para carro e R$ 3,00 para motos, valores que permanecem se  o tempo de utilização for de 45 minutos ou 1 hora. Já a diária para carro é cobrada a R$ 15,00 enquanto para moto fica em R$ 10,00.

O levantamento detectou diferença nas cobranças que vão de 0% a 1.900% levando-se em conta que o tempo adicional de 15 minutos, para motos, custa R$ 5,00 no Estacionamento Stop Car enquanto no Zhu a cobrança é de R$ 0,25. Outra variação considerável (1.700%), diz respeito à permanência de motos por 15 minutos que, no Maxi Estacar são cobrados R$ 9,00 enquanto no Afonso Pena, apenas R$ 0,50.

A pesquisa, registrou também alguns itens que não há diferença de preços nos estabelecimentos visitados como é o caso de diárias para motos ou para carros.  Para a realização desta verificação, com o máximo de abrangência, foram elencados 30 itens e o trabalho se deu no período de 10 de agosto de 2019 a 19 de setembro.

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cidade
Aulas presenciais voltam dia 19 de julho em Campo Grande
Cidade
Ocupação com mais de 30 anos começa a ser regularizada
Cidade
Uber moto começa a funcionar em Campo Grande nesta quarta
Cidade
Prefeitura vai iniciar o recapeamento asfáltico de 14 ruas da capital
Cidade
Paciente com convulsão cai de maca e morre em UPA
Cidade
Além de atrasos e lotação, passageiros reclamam de linhas que ainda não voltaram
Cidade
Procon autua agências por demora no atendimento
Cidade
Marquinhos descarta auxílio em dinheiro e fala em cesta alimentar
Cidade
No final de semana Detran flagra 86 condutores embriagados
Cidade
Toque de recolher volta para às 21h nesta segunda

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio