Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Cultura

Bonito já tem movimentação intensa para Carnaval e espera 18 mil turistas

29 janeiro 2011 - 10h41
O Carnaval é só em março, mas em Bonito, uma das poucas cidades de Mato Grosso do Sul que ferve nesta época do ano, a movimentação já é intensa para receber os turistas. Nos hotéis e nas agências, são inúmeras as ligações de interessados em aproveitar as belezas naturais do município eleito no ano passado pela nona vez consecutiva como principal destino de ecoturismo no País pela revista Viagem. Após comemorar um resultado recorde na visitação em 2010, com mais de 270 mil visitantes, a cidade espera 18 mil pessoas no Carnaval, segundo a expectativa do secretário de Turismo, Augusto Mariano. Outra estimativa do secretário é que esses visitantes deixem na cidade o equivalente a R$ 8 milhões. O volume de turistas esperados é quase a população do Município. Considerando quem uma boa parte dela é rural, a cidade deve ficar lotada nos 5 dias de Carnaval. Segundo Augusto Mariano, os empresários do turismo, do comércio e a prefeitura estão se preparando para estruturar a cidade a fim de receber um contingente tão grande de pessoas. Como o público se divide entre os que querem fugir da agitação fazendo os passeios pelas atrações da natureza de Bonito e os que vão para curtir a folia na cidade, a prefeitura vai organizar bailes na praça. Além disso, já existem 3 festas tradicionais na cidade, que agradam desde quem gosta de rave até os pagodeiros. Estoque reforçado - Os empresários, conforme o secretário, estão fazendo estoque desde já de produtos para evitar o risco de desabastecimento, como chegou a acontecer no fim do ano. Faltou, por exemplo, filé mignon, relatou o secretário. Outra preocupação, segundo ele, é com a garantia de mão-de-obra. “Há um trabalho de capacitação em andamento”, diz. Mariano afirma que a cidade está vivendo, neste início de ano, uma situação nova, que é a continuidade do movimento intenso de turistas desde o fim do ano. Por isso, afirma, muitos dos contratados apenas para trabalho temporário permanecem nos hotéis, pousadas e restaurantes. A presidente da ABH (Associação Bonitense de Hotéis), Regina Helena Figueiredo Correa, afirma que hoje a taxa de ocupação dos hotéis na cidade é de 80%. Para o Carnaval, a lotação deve superar as 4,2 mil vagas existentes na rede hoteleira e por isso o mercado de aluguel de residências já está aquecido. Quem procura uma vaga nos hotéis e pousadas e Bonito já se depara, há algum tempo, com uma praxe típica de cidades já estabelecidas como turísticas: fica mais caro passar apenas um fim de semana do que mais dias. No hotel Zagaia, por exemplo, um pacote de cinco dias, de 4 a 9 de março, fica em R$ 4 mil por casal, ou seja, R$ 800 por dia, por casal. Se a intenção for ficar dois dias, o valor é próximo de R$ 1,9 mil por dia. Fonte: CG News
Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
MIS exibe filme sobre identidade de gênero nesta quinta-feira
Cultura
MIS inicia o Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo nesta semana
Cultura
Grito de Carnaval será daqui a pouco na Praça dos Imigrantes
Cultura
'Reviva Cultura' terá pagode e MPB neste domingo
Cultura
'Reviva Cultura' contará com show de Chicão Castro na 14 de Julho
Cultura
'Bassetto Ballet' abre 110 novas vagas para balé classico
Cultura
Autoridades abominam "declarações nazistas" de secretário de Cultura
Cultura
Secretário de Cultura parafraseia nazista e gera polêmica nas redes sociais
Economia
Mega-Sena acumula e próximo sorteio pode pagar R$ 14 milhões
Cultura
Morre aos 92 anos o artista plástico Francisco Brennand

Mais Lidas

Educação
Resultado da inscrição para Fies e P-Fies sai nesta quarta
Internacional
Coronavírus: Brasil vai receber 2 mil voos de países com casos
Cidade
Vídeo mostra briga que pode ter sido durante Carnaval na capital
Geral
''Havia muito mais gente'', diz jornalista sobre carnaval de Corumbá