Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Cultura

Charme e elegância marcam primeiro dia do desfile das escolas de samba em Corumbá

07 março 2011 - 10h37
Na noite de ontem (06), o Carnaval de Corumbá teve um brilho a mais com o primeiro dia do desfile das escolas de samba. Com todo charme e elegância, as cinco escolas do grupo de acesso desfilaram pela Passarela do Samba animando o grande público que estava no local. A Imperatriz Corumbaense foi a primeira a entrar na passarela, mas não disputa o título do Grupo de Acesso em 2011, ela será avaliada pela Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco) para que a partir de 2012 entre em condições de disputar título. De acordo com o carnavalesco Clemílson Medina, para a estreia na passarela, a agremiação trouxe o enredo "Entre luxo, cores e fantasias surgiu Fernanda Vannucy, um nome que virou categoria". Na passarela do samba a Imperatriz vai contar a trajetória da carnavalesca fundadora, em 1999, da escola de samba Mocidade Independente da Nova Corumbá. Os 600 componentes da Mocidade Independente Marquês de Sapucaí entraram na avenida General Rondon com 15 alas. A escola defendeu com garra o enredo "Terra, água, fogo e ar: Os elementos em movimento", proposto pelo carnavalesco Wanderley dos Santos. A escola teve problemas ainda na concentração. Ritmistas da bateria estavam sem baquetas e carros alegóricos demoraram a chegar à área de montagem. A presidente da agremiação, Odeti Brinckler de Oliveira Bueno, lamentou o fato e disse ter noção que a escola não ganhará o título do grupo de Acesso. A presidente disse ainda que um ano de trabalho foi "jogado fora". Mesmo com os contratempos enfrentados e a falta de um carro alegórico, o da representação do Fogo, componentes desfilaram cantando o samba-enredo da agremiação. Destaques foram a Comissão de Frente com 10 integrantes representando a Poeira Universal. Componentes mostraram as raízes que entrelaçam a formação da Terra. Na performance usaram movimentos corporais que remeteram à criação da Terra. Com esse refrão, a Caprichosos de Corumbá levantou o público e mostrou que é séria candidata ao título e ao consequente acesso ao Grupo Especial em 2012. Cantando ‘De volta pra casa - Orgulho pantaneiro, o progresso aqui chegou’, a escola destacou o sucesso dos corumbaenses em diversos segmentos da sociedade. Com carros alegóricos bem trabalhados e os integrantes cantando o samba da escola, a agremiação fez um desfile que relembrou grandes nomes, locais e momentos que deixaram saudade no coração dos corumbaenses. A Acadêmicos do Pantanal fez aquele que pode ter sido o desfile responsável pelo seu retorno ao Grupo Especial. Com uma passagem correta pela Passarela do Samba, a escola do bairro Aeroporto se credenciou para a disputa do título do Acesso. Cantando o Amor, tema recorrente no carnaval, a agremiação surpreendeu com a forma como abordou as várias faces do amor. A Acadêmicos não teve medo e trouxe para o desfile uma discussão sobre toda forma de amor e mostrou que o sentimento vale a pena. O carro alegórico Diversidade do Amor foi um dos destaques. A Unidos da Major Gama uniu as duas maiores festas populares de Corumbá no desfile deste domingo (06), Carnaval e São João. Os 600 componentes cantaram o enredo ‘Festa Junina’ ao longo da apresentação, os integrantes mostraram a importância que o Arraial do Banho de São João, realizado no Porto Geral, tem para os corumbaenses. O enredo apresentou origens da festa junina - de acordo com o carnavalesco teria surgido nas fazendas - e trouxe para perto do público símbolos como a Fogueira Junina e a tradição dos fogos de artifício. Major Gama conseguiu ainda unir o sagrado e o profano. O último carro alegórico "O Sacro" trouxe painel simbolizando a igreja e a fé das pessoas em São João; Santo Antônio e São Pedro. Fonte: Midiamax

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Geral
Procon intermediará acordo de Sindicato de transporte escolar e financiadores de vans
Política
Paulo Corrêa homenageia bombeiro que salvou recém-nascida
Polícia
Morador de rua é encontrado morto com tiros na cabeça
Geral
Pantanal tem maior número mensal de focos de incêndios na história