Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Cultura

Cinema (d)e Horror traz O Operário, de Brad Anderson

21 março 2012 - 09h37Reprodução

Nesta quarta-feira (21) será exibido, às 18h30, no Centro Cultural José Otávio Guizzo, o filme "O Operário", de Brad Anderson. A exibição faz parte do projeto Cinema (d)e Horror, que desde 2008 promove debates a partir de filmes que tratam a categoria “horror”, buscando uma melhor compreensão do universo artístico contemporâneo, numa leitura que se pretende diferente do habitual. Após a exibição do filme será realizado um debate, com abordagem crítica sobre o filme, relacionando-o a obras literárias que também tratam do “horror”.

Sobre o filme
"O Operário" conta a história de Trevor Reznik, um insone operador de máquinas que luta por seu emprego, saúde física e mental. A trama se passa em um ambiente completamente sombrio, cuja iluminação pesada acaba por combinar com o roteiro alucinante que incita o espectador a juntar todas as peças desse quebra-cabeça para tentar entender o que está acontecendo com Trevor. Um filme único que foge do convencional e surpreende com a brilhante atuação de Christian Bale. Culpa, repressão, insônia e paranóia são os elementos de base neste, que é o quinto filme dirigido por Brad Anderson.

Mediadores
Aqueles que participam do projeto ”Cinema (d)e Horror” enquanto mediadores tiveram de escolher um filme e preparar, além de sua sinopse, uma proposta de leitura pra o debate do sobre o mesmo.

Giovana Paganno, acadêmica do curso de Letras da UFMS, é quem media o debate de hoje. De acordo com sua sinopse, "a discussão proposta nessa sessão do Cinema (d)e Horror remete aos limites da mente humana e como a culpa pode afetar o delicado equilíbrio mental do homem".

O projeto “Cinema d(e) Horror”, é desenvolvido pela acadêmica Carolina Barbosa e pela doutora, professora e coordenadora do Mestrado em Estudos de Linguagens da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Rosana Zanelatto  e tem o apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS).

Serviço
Local: Centro Cultural José Octávio Guizzo. Rua 26 de Agosto, 453 - centro.
Classiticação etária: 16 anos
*Será cobrada uma taxa simbólica no valor de R$ 1,00 (hum) real para a manutenção do Cineclube.
Mais informações no site.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Prefeitura abre licitação para terminar 1ª etapa do Centro Belas Artes
Cultura
Comemoração do Dia das Crianças tem programação especial na Capital
Cultura
Delinha fará show em comemoração aos 44 anos de MS
Cultura
Festival da carne do MS acontece neste fim de semana
Cultura
Cine Sesc exibe o suspense brasileiro Corações Sujos
Cultura
Campo Grande em Cena: inscrições para apresentação vão até dia 12
Cultura
Feriado prolongado tem Filho dos Livres e live com a banda Jonavo
Cultura
Projeto “Campo Grande em Cena” está com inscrições abertas
Cultura
Som da Concha acontece neste domingo de maneira híbrida
Cultura
Edital "Dança para Todos" está com credenciamento aberto para profissionais da área

Mais Lidas

Polícia
Jovem é encontrada morta ao lado da cama de hotel na fronteira
Cidade
Detran e Bombeiros recomendam que pessoas não saiam de casa
Polícia
Mãe é presa depois de consentir namoro da filha de 13 anos com rapaz de 20 anos
Clima
Vídeo: Tá chovendo ai? Tempestade com queda de granizo é registrada na capital