Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cultura

Com superprodução, Rihanna faz show eletrizante em São Paulo

18 setembro 2011 - 09h20Terra

Sexy, provocante e empolgada, muito empolgada. Foi assim que a cantora Rihanna ficou durante toda sua apresentação em um show eletrizante na noite deste sábado (17), no Anhembi, em São Paulo, dando o pontapé inicial na turnê The Loud Tour pelo Brasil. Com superprodução, incluindo telões de Led, a estrela pop cantou 19 músicas sem deixar nenhum de seus grandes sucessos de fora.

O show, previsto para começar às 21h30, iniciou com um pouco mais de uma hora de atraso. Impaciente, o público começou a vaiar o DJ - que antecipou a apresentação da cantora - e pedir a presença de Rihanna, com gritos de "começa! começa!". Eis que apagam as luzes, para euforia de todos, e surge a estrela pop, de dentro de um globo gritando "São Paulo". A revolta do público logo foi embora e gritos tomaram conta do Anhembi, que não estava completamente lotado, porém tomado pelos fãs da cantora, entre eles, vários famosos, como Jonatas Faro, Sabrina Sato, Thaila Ayala, Klébber Toledo e Marina Ruy Barbosa.

Com óculos de glitter, uma blusa colada exibindo um generoso decote e um microshort que deixava suas pernas de fora, Rihanna abriu o show com Only Girl (in The World), emendando em seguida Disturbia e Shut Up and Drive. Ficou vísivel a emoção que tomava conta da estrela em cantar pela primeira vez no Brasil e repetia, entre uma música e outra, o nome da capital paulista, além de pedir para o público levantar as mãos.

Afinadíssima, Rihanna não fez uso de playback em nenhuma música e acompanhou as coreografias com seus bailarinos, mesmo com o shortinho incomodando, que uma vez ou outra parecia fio-dental. Depois de Raining Men, uma pequena pausa, e a cantora voltou ao palco com a música Hard em cima de um canhão rosa, que disparou em direção do público uma caixinha, caindo nas mãos da sortuda Adriana Rinaldi, de 27 anos. "É uma camiseta (com o rosto da cantora). Fiquei muito feliz", disse ela, não acreditando que iria sair do show com um presente de Rihanna.

Entre as performances exibidas, a estrela pop tocou bateria, fez danças sensuais e desceu do palco para ficar bem perto do público, que se espremeu para conseguir tocá-la. As manifestações de carinho dos fãs com Rihanna deu-se através de cartazes como "Riri, você é minha diva", escrito em inglês, e mimos como ursinhos de pelúcia e buquê de flores.

Ao cantar a música Cheers (Drink to That), Rihanna segurou um copinho que parecia ter cachaça e chamou seu guitarrista Nuno Bettencourt - que fez parte da banda Extreme - para brindar com ela: "salute", disse a cantora, que bebeu em seguida.

Rihanna encerrou seu show com os sucessos Don't Stop the Music e Umbrella. Ao se despedir, afirmou que era sua primeira vez no Brasil e estava muito emocionada: "eu amo vocês", finalizou.

Exótica, a estrela mostrou que tem muito fôlego e, pela reação do público, provou que é umas das maiores cantoras pop da atualidade. De São Paulo, Rihanna segue para Belo Horizonte, onde toca neste domingo (18), depois embarca para Brasília, com show na quarta-feira (21), e finalmente canta na abertura do Rock in Rio, na sexta-feira (23).

Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Primeiro monumento restaurado, “O Aprendiz” é entregue nesta segunda
Cultura
Quem é? Músico de MS ganha cesta básica e tenta vendê-la nas redes sociais
Cultura
Beraldo no Beat lança "Promíscuo" em clima de romance intenso; assista
Cultura
Prefeitura retoma "Arte no Paço" com exposição "Pensa Mente"
Cultura
Começa hoje o evento virtual do Projeto Quatro Estações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio