Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Cultura

Fake news acaba cancelando peças de teatro em municípios de MS; entenda

O projeto "UBU Trans Transformando Caminhos e Fronteiras" estão sendo acusadas de disseminar ideologia de gênero

04 maio 2024 - 12h50Brenda Leitte

Uma fake news envolvendo o Grupo UBU de teatro em Mato Grosso do Sul acabou resultando em uma série de cancelamentos de apresentações culturais em municípios do Estado. Ao todo, quatro prefeituras não autorizaram a encenação das peças, que segundo o diretor do grupo, Anderson Bosh, falam sobre amor e família.

“O projeto está em desenvolvimento desde o ano passado, então todas as prefeituras já tinham recebido nosso material, sabiam do que se tratava, estamos nas redes sociais para todo mundo ver”, explicou o presidente do grupo, ator e diretor, Anderson Bosh.

O projeto, intitulado “UBU Trans – Transformando Caminhos e Fronteiras”, oferece apresentações gratuitas de dois espetáculos em nove cidades de Mato Grosso do Sul. Provavelmente por causa do termo “trans”, que neste caso faz referência a palavra “transformando”, o projeto foi acusado de disseminar ideologia de gênero.

A peça acabou sendo cancelada em três cidades que faziam parte do roteiro original, que prioriza cidades fronteiriças de Mato Grosso do Sul, sendo elas, Laguna Carapã, Amambai, Coronel Sapucaia e Paranhos.

Fake News

Nas redes sociais, internautas chegaram a publicar que “a escola não é lugar para ideologia de gênero. Inaceitável”.

A informação, conforme Anderson, é falsa. “Eles fazem assim: criam fake news. Estão dando um prejuízo imenso. São 37 pessoas que dependem desse projeto”, reforçou Anderson.

“Em nenhum projeto a gente faz discurso de gênero ou política de gênero. Somos um grupo de 33 anos de carreira, de formação continuada, respeitados no Brasil inteiro. Fomos o único que ficou 3 meses em São Paulo, apresentamos em todos os teatros de lá. Acabamos de passar no projeto da Funart (Fundação Nacional de Artes). Representaremos Mato Grosso do Sul pra 7 estados e 2 países. Não tiveram a dignidade de nos procurar antes de fazer essa ação”, declarou ele.

No projeto, as peças “Pelega e Porca Prenha” e “Uma Moça da Cidade” são apresentadas. “As peças falam de família, amor, resgatam memória de nossa infância (…) ‘Pelega’, por exemplo, tem 21 anos [de montagem] e ‘Uma Moça da Cidade’, 24 anos. Ele é um dos mais premiados no estado (…) Nossa proposta era levar essa mensagem, da construção da nossa identidade cultural, sobre o amor e família. E agora a gente se depara com isso que está acontecendo. Em Aral Moreira foi um sucesso! Pediu para a gente permanecer [na cidade], para outra turma da escola e outras comunidades assistirem, tanto que o projeto contribuiu na cidade”, destacou Anderson.

As prefeituras de Laguna Carapã, Amambai e Coronel Sapucaia não se posicionaram sobre o cancelamento.

A Fundação de Cultura de MS, que patrocina o projeto por meio do FIC/2022 (Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul), emitiu uma longa nota em que repudia a fake news.

Confira na íntegra

“O presente projeto, UBUTRans, contemplado no Fundo de Investimentos culturais – FIC/ 2022, com aporte R$ 219.366,00 propõe uma leitura metafórica, dialética a partir das subjetividades de seus proponentes e seu público, na busca de um lugar onde o formar, o transformar, o rever e o pensar novos caminhos sejam hábitos e fronteiras sejam metáforas transpassáveis.

O Fundo de Investimentos Culturais estimula desde 2002 a criação, a produção e difusão das manifestações artístico-culturais em todos os municípios sul-mato-grossenses. Instituído pela Lei 2.366/2001 e reorganizado pela Lei 2.645/2003, o FIC tem como princípio prestar apoio financeiro a projetos culturais da comunidade, fomentando o mercado artístico e diminuindo a distância do público com as mais diversas manifestações, tradições e valores da cultura. Em 2023 o edital do FIC foi de R$ 8 milhões, contemplando 58 projetos, os projetos são aprovados em duas etapas, uma documental e uma de mérito, onde o Conselho Estadual de Políticas Culturais analisa cada projeto enviado.

Os editais do FIC promovem a democratização de acesso a recursos para as áreas de música, dança, teatro, artes plásticas, audiovisual, literatura e festas populares. Os selecionados participam de programas e ações executadas pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul no decorrer do ano, estimulando a valorização e difusão das manifestações artístico-culturais do Estado.

No projeto o termo Trans, diferente do que foi dito pelo ex-deputado, não tem nenhuma relação com a questão LGBTQIA+, mas, sim, refere-se ao trans de ‘transformando’, de transformar caminhos e fronteiras e de ‘transportar’, é transportar a visão dos educadores e do público para além do que se considera inatingível, posto e permanente.

O projeto atingirá 9 cidades da região sul-fronteira (Ponta Porã, Bela Vista, Aral Moreira, Amambai, Coronel Sapucaia, Paranhos, Tacuru e Rio Brilhante) e contempla um dos objetivos do FIC que é a disseminação da cultura e a divulgação cultural em todos os 79 municípios do estado.

O grupo Ubu completou em setembro de 2022, 31 anos de trajetória, perfazendo 16 espetáculos, 5 performances, 5 prêmios nacionais conferidos pela Funarte e MinC, além de temporadas em MS, MT, GO, SP e RJ. A peça Porca Prenha está em cartaz desde 2003 e a peça A Moça da Cidade está em cartaz desde o ano de 2000″.

 

*Com informações do portal Primeira Página.

 

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp. Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no IOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dieguinho
Cultura
JD1TV: Nascido na Capital, Dieguinho decidiu seguir carreira no pagode após conhecer pandeiro
22º Arraial de Santo Antônio na Capital
Cultura
22º Arraial de Santo Antônio começa hoje em Campo Grande
Som da Concha
Cultura
Som da Concha volta no domingo com o projeto Fronteira Guarani
"Em Cantos"; Marta Cel se apresenta na Estação Cultural nesta quinta-feira
Cultura
"Em Cantos"; Marta Cel se apresenta na Estação Cultural nesta quinta-feira
"Como Salvar Um Casamento": Nany People trará monólogo para Campo Grande em junho
Cultura
"Como Salvar Um Casamento": Nany People trará monólogo para Campo Grande em junho
Concurso literário que dará R$ 20 mil em prêmio está com inscrições abertas
Cultura
Concurso literário que dará R$ 20 mil em prêmio está com inscrições abertas
Felipe e Rafael
Cultura
JD1TV: A dupla 'Felipe e Rafael' surgiu em 2021 e agora busca identidade própria
Registro do espetáculo 'Trupe'
Cultura
'Focus Cia de Dança' apresenta dois espetáculos em Campo Grande; veja programação
Zeca Baleiro e Chico César, cantores e compositores
Cultura
MS ao Vivo: Zeca Baleiro e Chico César fazem show gratuito neste domingo na Capital
Evento acontece na Praça da Liberdade, com programação gratuita
Cultura
8ª Feira Literária de Bonito será de 3 a 7 de julho

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima