Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Cultura

Emoção marca lançamento do livro sobre os 40 anos de Plaenge

17 abril 2011 - 05h53Assessoria
A emoção tomou conta do lançamento do livro A Construção do Sonho que celebra os 40 anos do Grupo Plaenge. O evento aconteceu na noite de última quarta-feira, dia 13, na Central de Apartamentos Decorados da Plaenge com a presença dos diretores do Grupo, Alexandre Fabian, Édison Holzmann, dos autores do livro Paulo Briguet e Domingos Pellegrini, funcionários e suas famílias, parceiros e clientes da Plaenge. Durante a solenidade, funcionários que somam dez ou mais anos de dedicação e trabalho à Plaenge foram homenageados.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, que prestigiou a comemoração, lembrou que a Plaenge sempre esteve relacionada à qualidade e respeito atributos que, segundo ele, perpetuam a marca. “Olhando o passado, vemos o quanto a cidade mudou e que a Plaenge tem acompanhado essa transformação valorizando a qualidade de vida daqueles que aqui vivem”, analisou Trad Filho.

O livro retrata com detalhes a forma como a empresa foi criada e os motivos que nortearam seu fundador Ézaro Fabian a manter a gestão que possibilitou uma trajetória bem-sucedida de quatro décadas. No formato talk show, os diretores e autores falaram, de maneira informal, a uma plateia atenta, sobre a publicação que reúne entrevistas com funcionários e parceiros que participaram da história da empresa.

Os autores

Nascido em São Paulo, atualmente morando em Londrina, Paulo Briguet analisou, com emoção, a história de seu bisavô, que foi maquinista na época da Ferrovia Noroeste do Brasil. “Não é por acaso que estou aqui celebrando essa história da Plaenge com Campo Grande”, salientou o escritor que lembrou a trajetória da empresa e seus relatos de muita emoção da relação do crescimento da Plaenge com a cidade. Já Domingos Pellegrini, deixou a emotividade falar mais alto ressaltando o teor do livro. “Esse não é um livro comercial e sim de relatos de vidas, de valores como respeito, amor, dedicação e produtividade, alicerces bem fundados pela Plaenge”, argumentou o escritor.

Ao falar do respeito às pessoas, o diretor da Plaenge, Édison Holzmann comentou que o livro foi uma maneira encontrada de registrar esses valores para as novas gerações de funcionários e de reconhecimento da importância daqueles que fizeram a história da empresa. “São muitas histórias importantes de vida relembradas”, afirma Édison que começou na Plaenge com 15 anos de idade.

A Plaenge foi fundada na cidade de Londrina em 1970 em um pequeno escritório com alguns poucos móveis, duas máquinas de escrever e um telefone emprestado. Ao longo de quatro décadas, a Plaenge cresceu e hoje a construtora conta com 1600 colaboradores e já entregou mais de 160 edifícios - onde moram mais de 45 mil pessoas.

No mercado imobiliário, além de Campo Grande, a empresa atua em outras cidades brasileiras, como Londrina, Curitiba, Maringá, Ponta Grossa, Dourados, Cuiabá e Joinville. Também marca presença no mercado imobiliário do Chile desde 2009. No segmento industrial, possui em seu portfólio obras entregues em 18 estados brasileiros e também na Venezuela.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Julgamento sobre criminalização da homofobia será dia 5 de junho
Cultura
Prefeitura prorroga inscrições para quadrilhas juninas
Cultura
A obra “O Novo Direito Tributário Brasileiro” será lançada na capital
Cultura
Sesc Morada tem samba, pop, forró e show de Patrícia e Adriana
Cultura
Festa do Milho acontece no próximo sábado em Jateí
Cultura
Filme em homenagem a Nietzsche nesta segunda, no MIS
Cultura
Festa do Queijo atrai milhares para Rochedinho
Cultura
Comunidade Tia Eva inicia comemorações do centenário
Cultura
Cine Café apresenta “O Cavalo de Turim”, na segunda-feira
Cultura
Festa do Queijo movimenta Rochedinho neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Homem bêbado pede para descansar e morre no sofá do vizinho
Geral
Ciclista tem a cabeça esmagada por carreta em acidente
Cidade
Reinaldo e Marquinhos anunciam “solução definitiva” para Parque das Nações
Cidade
Radares: cinco multam e quatro operam em caráter educativo