Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Cultura

Espaço da Poesia exalta a cultura paraguaia nesta sexta

30 maio 2014 - 09h49Via Notícias MS
A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul realiza nesta sexta (30 de maio), a partir das 19 horas, no terraço do Memorial da Cultura e da Cidadania, uma nova edição do Espaço da Poesia celebrando a cultura paraguaia. A entrada é franca.

A advogada e escritora Vera Tylde abre a edição deste mês do Espaço da Poesia com o lançamento de seu livro “Papel de presente”, uma coletânea de crônicas reunidas ao longo dos anos. Diretora Executiva do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, a autora é também jornalista e autora de diversas obras, incluindo literatura infantil, todas publicadas em Mato Grosso do Sul.

A cultura do Paraguai ganha destaque com apresentação de danças folclóricas da Colônia Paraguaia de Campo Grande. Serão apresentadas as coreografias Eyuminte, Paraguari, Carreta Guy e Seleção de Polcas. As tradições guaranis se misturam com os hábitos de grande parte dos sul-mato-grossenses. Sons, matizes e sabores se misturam à dança tramando e formando enlaces culturais.

O grupo Colônia Paraguaia Danças Folclóricas foi criado em 2011 para manter e divulgar a cultura do país vizinho. Formado por crianças, adolescentes e adultos, tem compromisso com o ensinamento transmitido pelo mestre Zenon Sanabria Fretes, de Concepcíon, Paraguay, que presta assessoria uma vez ao mês trazendo o verdadeiro folclore paraguaio. A coordenadora é a professora Luciene Bicudo.

Na sequência Rubenio Marcelo lança o livro “Veleiros da Essência”, que contém 80 poemas em versos livres e linguagem moderna de sua atual fase de produção. Poeta e compositor, atual secretário-geral da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e filiado à União Brasileira de Escritores (MS), é autor de dez livros e dois CDs. Foi um dos vencedores do tradicional concurso "17ª Noite Nacional da Poesia".

Ainda homenageando a Colônia Paraguaia o "Espaço" contará com uma série de declamações de poesia em Guarani, uma das línguas oficiais do Paraguai, falada pela maioria da população do país e de alguns países sul-americanos, inclusive o Brasil. É usada por mais de sete milhões de pessoas e tornou-se uma das únicas línguas indígenas americanas a obter reconhecimento nacional e literário.

Em seguida acontece o lançamento dos livros “Mitay do Pantanal”, de Nelson Vieira e “Pã-CheTetã – Poesias Reunidas”, de Delasnieve Daspet. A narrativa de Nelson, em linguagem simples e sem rodeios, conta a trajetória do personagem Mitay desde a infância até a idade adulta, enaltecendo a vida familiar e as paisagens pantaneiras, bem como hábitos, costumes e tradições. Faz alusões à música, às danças, festas tradicionais como o São João e faz referência aos “causos”, aos peões violeiros e ao hábito dos filhos pedirem a bênção dos pais.

Já o livro Pã-CheTetã, uma reunião de poesias de Delasnieve Daspet, é totalmente ilustrado por fotos de Mato Grosso do Sul cedidas pelos fotógrafos Aurora Vilalba, José Julio Gonçalves, Mota Junior, Rico e Bolivar Porto. A natureza é o grande ator de que se vale a autora para clamar contra a destruição, porta-voz da resistência representada pelo milagre das flores brotadas das cinzas geradoras.

Delasnieve Daspet é advogada, poeta, cronista, ensaísta e educadora. Nascida em Porto Murtinho, possui sete livros: Por um minuto ou para sempre; Em Preto e Branco; Pazeando; De Liberté em Liberté e Von FrehheitzuFreiheit, Cantares e Pã-CheTetã. Nelson Vieira, natural de Porto Alegre, é funcionário público federal, membro da Academia Maçônica de Letras (MS), membro do Fórum Estadual de Cultura e autor dos livros Cotidiano, Frutos de Percepções e Mitay do Pantanal.

Os irmãos Ever e Diego Zaracho Benitez apresentam no encerramento do Espaço da Poesia um show especial em que a harpa e violão encantam o público com as tradicionais canções da cultura paraguaia. Com larga experiência em apresentações em todo o Paraguai e países americanos, os músicos levarão ao palco músicas que pela proximidade cultural também fazem parte das tradições sul-mato-grossenses.

Serviço
O Espaço da Poesia acontece nesta sexta (30 de maio), a partir das 19 horas. A entrada é franca. O Memorial da Cultura fica na avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Política
Mais de meio milhão de candidatos inscritos para disputar as eleições 2020
Polícia
homem quebra mesa na cabeça da mulher e tenta impedir PM de atender o caso
Internacional
Acidente aéreo na Ucrânia deixa 26 mortos
Geral
Denunciado por som alto, rapaz coloca fogo na casa do vizinho