Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Cultura

Filme 'Fish Story' é atração de hoje da Mostra de Cinema Japonês do MIS

12 junho 2012 - 10h26Divulgação

A Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio do Museu da Imagem e do Som (MIS), realiza esta semana a Mostra de Cinema Japonês do projeto CineMIS. Serão exibidos cinco filmes ao longo da semana, às 19 horas, sempre com entrada franca. Ontem foi exibido "O Gosto do Chá", de Katsuhito Ishii..

O CineMIS sedia a Mostra de Cinema Japonês em parceria com a Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira de Campo Grande (AECNB). Serão apresentadas produções premiadas e contemporâneas, realizadas a partir de 2002, com temas diversos e abrangentes.

O curador da mostra, Jean Albernaz, explica que a escolha destes filmes buscou apresentar diretores importantes da cinematografia japonesa, porém fugindo de escolhas óbvias. “Ocorre que vários diretores, como Akira Kurosawa, podem ser encontrados facilmente em videolocadoras e grande parte do público já os conhece. Os filmes e os diretores selecionados para a mostra, apesar de terem seus talentos reconhecidos pela crítica especializada e vários de seus filmes estarem disponibilizados em DVDs no mercado internacional, como Koreeda, Yamada e Miike, muitas vezes são desconhecidos por grande parte dos fãs do cinema japonês”, explica.

Algumas questões estéticas, éticas e históricas do cinema japonês poderão ser percebidas durante a mostra, como o fato daquele ter se inspirado inicialmente em artes “apresentacionais” - como o Butô e o Kabuki - demonstrando não só a origem da sétima arte japonesa, como também os rumos e percursos próprios, diferentes do cinema ocidental, que por sua vez teve sua origem e percursos baseados em artes “representacionais”.

Outra questão fundamental, segundo o curador, é a riqueza multifacetada dos filmes selecionados que, assim como diversos outros da cinematografia japonesa, circunscrevem-se em uma vanguarda por não diferenciarem arte de mercado, com formalismo e rigor na composição visual, sendo de difícil classificação em gêneros específicos, tendo em vista que abordam em seu conteúdo temas e tons diversos, com recursos de linguagem que vão da leveza e do humor dos romances e das comédias aos absurdos e dramas do terror e do grotesco, muitas vezes em um único filme.

Para discorrer sobre estes pontos, esclarecer dúvidas e prestar maiores informações sobre o cinema japonês, Jean Albernaz, que também foi curador da primeira Mostra de Cinema Japonês, realizada no MIS em 2008 celebrando Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, proferirá palestra no dia 20 de junho, às 14 horas, no próprio MIS, dentro do projeto Cultura em Situação, objetivando contextualizar aspectos artísticos e históricos desta importante e cultuada cinematografia.

A Mostra de Cinema Japonês antecede, inicia e divulga a comemoração da Semana da Cultura Japonesa em Mato Grosso do Sul, que contará com diversas atividades culturais e é organizada pela AECNB, com o apoio da Fundação de Cultura e de diversas outras instituições.

Confira a programação:

12 de junho (terça)
Fish Story (Fishuu Sutori - 2009)
Direção: Yoshihiro Nakamura
Duração: 112 min.
Sinopse - No ano de 2012 a única coisa que separa a terra da colisão com um enorme cometa e a salvação é uma canção obscura gravada por uma banda de rock 37 anos atrás. Metalinguística e cultura pop temperadas com uma influência cáustica de Charlie Kaufman (adaptação) transformam esta premissa inusitada em um filme bem-humorado, que desafia classificações.
Prêmios: Indicação Asian Film Award - Melhor Compositor.

13 de junho (quarta)
13 Assassinos (Jusan-nin no Shikaku - 2010)
Direção: Takashi Miike
Duração: 141 min.
Sinopse - 13 homens em uma missão suicida para assassinar um senhor feudal japonês. Ao refilmar o clássico do diretor Eiji Kudo, de 1963, Takashi Miike alcançou a maturidade e realizou a sua obra-prima, sem deixar de lado o nihilismo que marca todos seus filmes.
Prêmios: Academia Japonesa 2011 - direção de arte - Direção de fotografia - Melhor luz - Melhor som; Festival de Veneza 2010 - Menção Honrosa - Indicado ao Leão de Ouro.

14 de junho (quinta)
Air Doll (Kuki Ningyo - 2009)
Direção: Hirozaku Koreeda
Duração: 125 min
Sinopse: Com a história de uma boneca inflável que ganha vida, Koreeda, um dos mais aclamados diretores da sua geração, cria uma metáfora encantadora sobre o vazio da vida moderna.
Prêmios: Acadêmia Japonesa - Indicado à melhor atriz; Festival Internacional de Chicago - Indicado a Melhor Filme.

15 de junho (sexta)
Amor e Honra (Bushi no Ichibun - 2006)
Direção: Yoji Yamada
Duração: 121 min.
Sinopse: O sacrifício de uma esposa pela honra do seu marido, um samurai cego, se torna uma crítica sutil sobre a posição da mulher no Japão feudal no último filme da “Trilogia Samurai” de Yoji Yamada.
Prêmios: Academia Japonesa 2007 - Melhor Fotografia - Melhor Luz - Melhor Ator Coadjuvante; Asian Film Awards 2007 - Melhor Filme.

Serviço
A Mostra de Cinema Japonês acontece de 11 a 15 de junho, sempre às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som, que fica no Memorial da Cultura, na avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, Centro.

A Palestra sobre Cinema Japonês com Jean Albernaz acontece dia 20 (quarta-feira), às 14 horas, na Sala Idara Duncan do MIS. Outras Informações pelo email: [email protected] e pelo telefone 3316-9178.

Via Notícias MS

Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Cidade
Prefeitura libera apresentação de artistas de outros estados, na capital
Geral
Sexta-feira terá live de Gusttavo Lima e Daniel, Duda Beat e Nando Reis
Cidade
Mais de 5 mil aulas para 1º CNH foram realizadas de forma online em MS
Política
Chapa do PSDB quer “dar voz” a sociedade