Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Cultura

Fundação de Cultura realiza palestras sobre a chegada da NOB a Campo Grande

09 maio 2014 - 07h30Via Notícias MS
A Fundação de Cultura de MS, por meio da Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural, lança nesta sexta-feira (09), às 8h30, no auditório do Museu da Imagem e do Som, o projeto comemorativo ao Centenário de Chegada da Ferrovia NOB em Campo Grande.

Estão previstos na programação debates abertos ao público com autoridades e especialistas da Ferrovia Noroeste do Brasil. A mediadora é a professora Maria Augusta de Castilho e a mesa contará com a superintendente do Iphan-MS, Norma Dáris Ribeiro, que falará sobre o processo de Tombamento Federal da Ferrovia NOB em Mato Grosso do Sul. Também haverá a participação da professora Arlinda Montalvão de Oliveira, de Três Lagoas, que irá discorrer sobre o tema "A Ferrovia e a formação do estado", além do renomado professor Paulo Roberto Cimó Queiróz, da UFGD/Dourados, que apresentará palestra cujo foco é "A ferrovia NOB e o desenvolvimento de nosso estado".

Após as palestras acontecerá um café literário em que a Life Editora fará a exposição de publicações que enfocam a história de Mato Grosso do Sul e a ferrovia.

As palestras se mostram como ponto de reflexão aos historiadores e acadêmicos a respeito da ferrovia Noroeste do Brasil e o desenvolvimento de MS, servindo como motivação para inúmeras atividades que a cidade ainda irá realizar a respeito dessa temática, principalmente no mês de outubro, quando se deu a ligação das duas frentes de trabalho (do Pantanal e de São Paulo).

EF Noroeste do Brasil
Em 1914 os trilhos da EF Itapura - Corumbá chegavam até Campo Grande significando progresso, pois a população estava se libertando do primitivismo dos carros de boi, carroças e lombos de burros. A instalação da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil gerou impactos positivos desde o traçado das ruas ao aspecto estratégico-político-militar com a transferência do Comando da Circunscrição Militar de Corumbá para Campo Grande.

A chegada da estrada de Ferro Noroeste do Brasil ao sul de Mato Grosso, em pleno início do século XX, além de marcar a ocupação definitiva do oeste brasileiro, tem sua relevância para a segurança nacional, a integração intercontinental gerando ainda a abertura de novas perspectivas econômicas na região.

Serviço
O evento acontece no MIS (Museu da Imagem e do Som) nesta sexta-feira (09) às 8h30. Os participantes irão receber declaração de participação. As palestras são abertas ao público. Para mais informações, entre em contato com a Gerência de Patrimônio Histórico e Cultural da FCMS, 3316-9155.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Acontece hoje a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS
Cultura
Feira Central “ressuscita” apresentações musicais nesta quinta
Cultura
Júlio Cocielo se tornou réu na Justiça de São Paulo sob acusação de racismo
Cultura
"Posso ver meus filhos novamente" diz Wesley Safadão após resultado negativo do exame da covid-19
Cultura
Toots Hibbert, a lenda do reggae, morre aos 77 anos na Jamaica
Cultura
Lives: Maiara e Maraísa e Marcos e Belutti agitam esta sexta
Cultura
DJ Danilo Bachega comemora 25 anos de carreira com remix de Lulu Santos
Cultura
Jads e Jadson fazem live hoje
Cultura
Autocine deste domingo tem atração para criançada e com “A raposa má”
Cultura
Carnaval de Corumbá entra para o calendário oficial de MS

Mais Lidas

Cidade
Parque das Nações deve reabrir dia 9 de outubro
Cidade
Procon suspende atividades de Auto Escola
Cidade
Anatel pode impedir ligações de telemarketing indesejadas no MS
Polícia
Vídeo: Oficial da Marinha morre afogado após gritar: "Eu já tenho a salvação!”