Menu
Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024
TJMS Maio24
Cultura

Mostra Internacional de Graffiti e Street Art segue até 22 de dezembro com ações em diversas cidades

As ações acontecem em diversas cidades do Estado

08 dezembro 2016 - 13h29Assessoria de Imprensa

Começou nesta quarta-feira (7), o MS Detona! – Mostra Internacional de Graffiti e Street Art. A Mostra vai até o dia 22 de dezembro, e pela primeira vez recebe investimentos do Fundo de Incentivo à Cultura de MS (FIC). Serão mais de duas semanas com debates sobre o universo urbano, sobre a ocupação dos espaços públicos, o diálogo da arte urbana com a arquitetura das cidades, a arte urbana ocupando as pequenas cidades e os grandes centros urbanos.

A mostra terá também grandes nomes da cena nacional do grafite como Djan Cripta – SP, Salomão ENBS – PR, Deilton DRS – PR, Giu Beto EXP – SE, e pela primeira vez dois grafiteiros da conexão Colômbia! Skore 999 e Ledania de Bogotá, que são referência na América do Sul, para produzirem conhecimento através de seminários, bate papo e troca de saberes, produção de dez murais com arte grafite e técnicas de arte urbana produzidas pelos artistas convidados e artistas de MS.

MS Detona nasce das ações de arte pública realizadas pelo Coletivo Detona que surge em 2013, ocupando escolas, espaços públicos e favelas de Campo Grande, levando a arte urbana a vários lugares, compartilhando formação e conhecimento. Na sua primeira edição financiada com dinheiro público, o MS Detona se torna uma mostra internacional e vai percorrer as seguintes cidades: Três Lagoas, Campo Grande, Caarapó, Ponta Porã, Dourados, Aquidauana, Bodoquena, Corumbá e Bonito.

Todas as cores e sabores misturados, Mato Grosso do Sul compõe a região Centro-Oeste do Brasil, faz divisa com Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso, São Paulo e Goiás, além de fazer fronteira com a Bolívia e o Paraguai. É neste universo que acontece MS Detona, arte urbana (shows musicais como Dubmistah aka Caio Green, Dj MS Detona, Falange da Rima Teatro de Rua com o grupo Teatro Imaginario Maracangalha, Campeonatos de Skate, batalhas de MC´s – Conhecimento) em diálogo com a arte regional e sua fantástica e exuberante natureza, um pantanal urbano se revelando para o mundo, do Brasil Central ao Coração do Pantanal.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Paróquia Divino Espírito Santo se prepara para a 24ª Festa do Divino
Cultura
Paróquia Divino Espírito Santo se prepara para a 24ª Festa do Divino
Henrique Medeiros
Cultura
"Nadas em busca dos tudos", livro de poesias é lançado por Henrique de Medeiros
Chihiro e Haku
Cultura
MIS exibe 'A Viagem de Chihiro' amanhã; confira
Alcione
Cultura
Alcione, Lenine, Marina Sena... Veja agenda do "MS ao Vivo" em Campo Grande
Morre o ator Paulo Cesar Pereio, ícone do cinema brasileiro
Cultura
Morre o ator Paulo Cesar Pereio, ícone do cinema brasileiro
Coleta de doações para o Rio Grande do Sul
Brasil
JD1TV: CTG da Capital envia seis carretas com doações para o RS e prepara mais levas
Cantor Toni Garrido
Cultura
MS Ao Vivo: com ponto de coleta de doações, show de Toni Garrido é neste domingo
Imagem Ilustrativa
Cultura
Nostalgia! "Bonde 10 anos - A Paquera" terá evento nos dias 25 e 26 de maio
Cena do espetáculo "Uma Moça da Cidade", que faz parte do projeto
Cultura
Fake news acaba cancelando peças de teatro em municípios de MS; entenda
Circuito Gastronômico "Isto é MS" começa nesta segunda-feira
Cultura
Circuito Gastronômico "Isto é MS" começa nesta segunda-feira

Mais Lidas

Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Política
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Sem vergonha, homem se esfrega em mulher durante show evangélico; vídeo
Polícia
Sem vergonha, homem se esfrega em mulher durante show evangélico; vídeo
Ele estava levando um passageiro quando o acidente aconteceu; os dois foram socorridos pelo SAMU
Polícia
JD1TV AGORA: Motoqueiro de aplicativo acerta árvore em rua do Centenário
Conhecido como 'Fumaça', Ricardo Vera, era muito conhecido no mundo do crime
Polícia
Corpo encontrado com pés e mãos amarradas e amordaçado é identificado