Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Prefeitura Refis Junho24
Cultura

Projeto 'Cinema de Horror' está de volta a partir do dia 7, com a exibição do filme 'Estômago'

02 março 2012 - 10h46Divulgação

No próximo dia 7, o projeto "Cinema de Horror", em Campo Grande, retoma as suas atividades. Na edição deste ano a estreia será a do longa-metragem brasileiro “Estômago”. A exibição será às 18h30, no Centro Cultural José Octávio Guizzo. A entrada custa R$ 1,00.

O filme, dirigido por Marcos Jorge, conta a história de ascensão e queda de "Raimundo Nonato", um cozinheiro. São dois temas abordados: a comida e o poder.

Prêmios
Em sua estreia mundial, no Rio de Janeiro, em 2007, o filme foi o grande vencedor e recebeu prêmios de melhor filme pelo público, melhor diretor, melhor ator e prêmio especial do júri. Já na Europa, também durante a estreia, recebeu prêmio e foi o segundo colocado, dentre 200 longas, na preferência do público.

Em 2008, os pratos do filme inspiraram o festival de Berlim e foram servidos durante o evento. Já em Punta Del Este, no Uruguai, “Estômago” recebeu os prêmios de melhor filme e menção especial de melhor ator. Produção As filmagens ocorreram durante cinco semanas, no final de 2006, em Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

A finalização foi feita em 2007, nas cidades de Milão e Roma, na Itália. O filme é inspirado no conto “Presos pelo estômago”, de Lusa Silvestre. O longa é a primeira coprodução cinematográfica realizada a partir do acordo de coprodução bilateral entre Brasil e Itália, assinado no início dos anos 70.

Projeto
“Cinema de horror” é um projeto da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS). É coordenado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propp) da universidade e pela mestre em estudos de linguagens e professora do curso de letras, Carol Sartomen.

Os filmes geralmente têm duas exibições mensais e conta com a participação de acadêmicos e mestrandos da área de letras da UFMS ou convidados especiais para exibição e debate da categoria “horror” no plano das artes.

Serviço
O Centro Cultural está localizado na rua 26 de agosto, 453, centro de Campo Grande.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dieguinho
Cultura
JD1TV: Nascido na Capital, Dieguinho decidiu seguir carreira no pagode após conhecer pandeiro
22º Arraial de Santo Antônio na Capital
Cultura
22º Arraial de Santo Antônio começa hoje em Campo Grande
Som da Concha
Cultura
Som da Concha volta no domingo com o projeto Fronteira Guarani
"Em Cantos"; Marta Cel se apresenta na Estação Cultural nesta quinta-feira
Cultura
"Em Cantos"; Marta Cel se apresenta na Estação Cultural nesta quinta-feira
"Como Salvar Um Casamento": Nany People trará monólogo para Campo Grande em junho
Cultura
"Como Salvar Um Casamento": Nany People trará monólogo para Campo Grande em junho
Concurso literário que dará R$ 20 mil em prêmio está com inscrições abertas
Cultura
Concurso literário que dará R$ 20 mil em prêmio está com inscrições abertas
Felipe e Rafael
Cultura
JD1TV: A dupla 'Felipe e Rafael' surgiu em 2021 e agora busca identidade própria
Registro do espetáculo 'Trupe'
Cultura
'Focus Cia de Dança' apresenta dois espetáculos em Campo Grande; veja programação
Zeca Baleiro e Chico César, cantores e compositores
Cultura
MS ao Vivo: Zeca Baleiro e Chico César fazem show gratuito neste domingo na Capital
Evento acontece na Praça da Liberdade, com programação gratuita
Cultura
8ª Feira Literária de Bonito será de 3 a 7 de julho

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima