Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Cultura

Quem é? Músico de MS ganha cesta básica e tenta vendê-la nas redes sociais

"Atitudes vergonhosas e egoístas não representam a classe musical", diz a nota do Simatecms

27 abril 2021 - 11h08Marcos Tenório

Com mais de 500 famílias sendo beneficiadas com doações de cestas básicas, o Sindicato dos Músicos, Autores e Técnicos de Mato Grosso do Sul (Simatecms), publicou uma nota de repúdio contra um músico que não teve a identidade divulgada, onde ele teria solicitado uma cesta básica e anunciado a venda dela por R$ 200,00 nas redes sociais.

"Atitudes vergonhosas e egoístas não representam a classe musical", diz a nota. Que continua afirmando, "não vamos permitir que tal postura mesquinha e corrupta enfraqueça nossa luta".

O presidente do SIMATECMS, Américo Lucio Nogueira, conhecido como Béko Santanegra, não quis dar muitos detalhes sobre o caso, "não queremos dar notoriedade pra pessoas assim. Com certeza ele vai sentir o peso da atitude que teve", disse Béko.

Questionando pela reportagem do JD1 Notícias, sobre a possibilidade de outros músicos de Mato Grosso do Sul, serem rotulados, por conta dessa situação, Beko disse: "Uma pessoa cometeu um erro e ela é que tem que responder com a própria consciência. Já está de bom tamanho", falou.

O Jornalista Alex Fraga, ressaltou a importância de falar o nome do músico: "O Simatecms deveria citar o nome desse marginal que jamais pode ser chamado de músico. Coloque esse indivíduo na "arena", escreveu em sua rede social.

"Por R$ 200,00 ele está vendendo uma coisa que para ele não é importante, mas, para muita gente que está passando fome é muito importante", ressaltou. "Quem é o nome, quem é o cara", questiona outros artistas, afirma Fraga.

Nota de Repúdio

O SIMATECMS - SINDICATO DOS MÚSICOS, AUTORES E TÉCNICOS DE MATO GROSSO DO SUL - repudia veemente a atitude do músico que não precisava de doação e, mesmo assim, solicitou uma cesta básica para si e está vendendo por R$ 200,00 nas redes sociais. Atitudes vergonhosas e egoístas não representam a classe musical, que preza pela conduta honesta e solidária de cada um. Pedimos desculpas aos doadores e aos que realmente necessitam deste benefício. Seguiremos com nossa campanha até a situação melhorar. Não vamos permitir que tal postura mesquinha e corrupta enfraqueça nossa luta. "Um mais um é sempre mais que dois."
 

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cultura
Figura do gigante de Cerne Abbas, chama atenção no Reino Unido
Cultura
Primeiro monumento restaurado, “O Aprendiz” é entregue nesta segunda
Cultura
Beraldo no Beat lança "Promíscuo" em clima de romance intenso; assista
Cultura
Prefeitura retoma "Arte no Paço" com exposição "Pensa Mente"
Cultura
Começa hoje o evento virtual do Projeto Quatro Estações

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio