Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Esportes

'Apagões' no fim prejudicam e Fla tem só 6% de chance de avançar na Libertadores

05 abril 2012 - 11h39Reprodução

Dominar boa parte do jogo, construir uma vantagem no placar e deixar a vitória escapar no fim não é novidade para o Flamengo na Copa Libertadores. Após levar o empate contra o Olimpia-PAR na terceira rodada depois de estar vencendo por 3 a 0, o time sofreu mais um apagão na noite da última quarta, deixou o Emelec-EQU marcar dois gols em oito minutos e vencer por 3 a 2. Com o resultado, o time carioca viu a classificação praticamente escorrer pelas mãos e tem apenas 6% de chance de avançar na competição, segundo o site Chance do Gol.

Com os vacilos, o Rubro-Negro deixou de marcar cinco pontos na tabela. Na lanterna do grupo 2, o time poderia estar com dez pontos - como o líder Lanús-ARG - e em uma situação completamente oposta não fosse a pontuação desperdiçada nas duas situações.

O atual momento, como não poderia deixar de ser, incomodou bastante ao técnico Joel Santana. O comandante do time da Gávea não escondeu a frustração com os erros no fim da partida e prometeu uma conversa com todo o grupo para entender o que está se passando.

"Mais uma vez, entregamos os jogos nos últimos minutos. Tenho que conversar com a comissão técnica, com os jogadores, com todo mundo, porque isso não é normal. Não é a primeira vez que acontece. Tivemos duas chances para matar o jogo e não matamos. Essa sequência de vacilos acabou nos deixando em situação muito delicada na Libertadores", analisou.

Outro fator que irritou Joel foi o péssimo rendimento nas bolas alçadas na área do rubro-negro. O treinador garante que havia alertado a defesa do Flamengo sobre a qualidade do Emelec nos lances pelo alto. O time sofreu dois gols de cabeça do atacante equatoriano Figueroa.

"Faltou maturidade na questão nos lances pelo alto. Sabíamos que o forte deles era a bola alçada na área e não tivemos o cuidado necessário. Aí fica difícil. Trouxemos os caras para dentro da área e isso acaba sendo crucial em uma partida contra um time como o Emelec", afirmou Joel Santana, que ainda fez questão de demonstrar esperança na classificação e apostar na força da torcida, mesmo com a situação delicada na tabela.

Via Uol

1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Torneio de Tênis e Beach Tennis acontece em agosto, na capital
Esportes
Vadão é demitido pela CBF e deixa comando da seleção feminina
Treinador retornou em setembro de 2017, acumulando sua 2ª passagem pelo time nacional
Esportes
Goleiro Bruno deixa prisão para cumprir restante de pena em casa
Esportes
Neymar está “bichado”?
Esportes
Pista de atletismo do Ayrton Senna deve ser emborrachada na próxima semana
Esportes
Brasileira luta por medalha no Mundial Paralímpico de Halterofilismo
Esportes
Décima rodada do Brasileirão tem clássico essa noite
Esportes
Brasil estreia com dois ouros no Paralímpico de Halterofilismo
Esportes
Brasil atropela o Peru e fatura Copa América
Esportes
Centro-Oeste Open de Taekwondo tem equipes de MS na disputa

Mais Lidas

Polícia
Adolescente morre depois de ficar com pescoço preso em janela
Polícia
Pai arrecada R$ 1 mi para tratamento do filho e foge com valor
Polícia
Homem comete suicídio depois de tentar matar ex-mulher
Cultura
Marcos e Belluti abrem o Festival do Sobá, em Campo Grande