Menu
Busca domingo, 24 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Esportes

'Apagões' no fim prejudicam e Fla tem só 6% de chance de avançar na Libertadores

05 abril 2012 - 11h39Reprodução

Dominar boa parte do jogo, construir uma vantagem no placar e deixar a vitória escapar no fim não é novidade para o Flamengo na Copa Libertadores. Após levar o empate contra o Olimpia-PAR na terceira rodada depois de estar vencendo por 3 a 0, o time sofreu mais um apagão na noite da última quarta, deixou o Emelec-EQU marcar dois gols em oito minutos e vencer por 3 a 2. Com o resultado, o time carioca viu a classificação praticamente escorrer pelas mãos e tem apenas 6% de chance de avançar na competição, segundo o site Chance do Gol.

Com os vacilos, o Rubro-Negro deixou de marcar cinco pontos na tabela. Na lanterna do grupo 2, o time poderia estar com dez pontos - como o líder Lanús-ARG - e em uma situação completamente oposta não fosse a pontuação desperdiçada nas duas situações.

O atual momento, como não poderia deixar de ser, incomodou bastante ao técnico Joel Santana. O comandante do time da Gávea não escondeu a frustração com os erros no fim da partida e prometeu uma conversa com todo o grupo para entender o que está se passando.

"Mais uma vez, entregamos os jogos nos últimos minutos. Tenho que conversar com a comissão técnica, com os jogadores, com todo mundo, porque isso não é normal. Não é a primeira vez que acontece. Tivemos duas chances para matar o jogo e não matamos. Essa sequência de vacilos acabou nos deixando em situação muito delicada na Libertadores", analisou.

Outro fator que irritou Joel foi o péssimo rendimento nas bolas alçadas na área do rubro-negro. O treinador garante que havia alertado a defesa do Flamengo sobre a qualidade do Emelec nos lances pelo alto. O time sofreu dois gols de cabeça do atacante equatoriano Figueroa.

"Faltou maturidade na questão nos lances pelo alto. Sabíamos que o forte deles era a bola alçada na área e não tivemos o cuidado necessário. Aí fica difícil. Trouxemos os caras para dentro da área e isso acaba sendo crucial em uma partida contra um time como o Emelec", afirmou Joel Santana, que ainda fez questão de demonstrar esperança na classificação e apostar na força da torcida, mesmo com a situação delicada na tabela.

Via Uol

senar janeiro21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Zidane é diagnosticado com o novo covid-19, diz Real Madrid
Esportes
Futuro presidente da Federação de Tênis do MS depende de decisão judicial
Esportes
Inter vence São Paulo no Morumbi e volta à liderança do Brasileiro
Esportes
Verdão faz 4 a 0, humilha Corinthians e fica a 6 pontos do líder São Paulo
Esportes
Finalista da Libertadores, Santos duela com Botafogo em crise no Brasileiro
Esportes
COVID: Hernanes testa positivo e desfalca São Paulo contra Athletico
Esportes
Após nova condenação, Santos planeja rescisão de contrato com Robinho
Esportes
Palmeiras e Grêmio abrem hoje a 30ª rodada do Brasileirão
Esportes
O jogador Marcel Sabitzer tem contratação disputada por Arsenal e Tottenham
Esportes
Palmeiras decide a Copa do Brasil contra o Grêmio em casa

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio