Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Esportes

Baltimore Ravens resiste a 'apagão', segura San Francisco 49ers e leva o Super Bowl

04 fevereiro 2013 - 10h17Larry W. Smith/EFE
Após dois quartos em que dominou totalmente o jogo, parecia que ia ser mais fácil para o Ravens conquistar o  47º Super Bowl. A equipe de Baltimore chegou a abrir 22 pontos de diferença, mas após um apagão no estádio e no time, o San Francisco reagiu e diminuiu para dois a diferença no placar. Mesmo assim não o suficiente para o 49ers levantar a taça: vitória de 34 a 31 no Mercedez-Benz Superdome com grande atuação do quarterback Joe Flacco e de Jacoby Jones e coroando a aposentadoria do defensor Ray Lewis. Do lado do 49ers o destaque foi o jovem Colin Kaepernick, que confirmou na terceira e na última etapa por que colocou Alex Smith  no banco de reservas durante a temporada.
 
O jogo
A defesa do San Francisco, que já havia vacilado nos playoffs contra o Atlanta Falcons (quando começou perdendo de 17 a 0 antes de virar o placar) voltou a vacilar em New Orleans. O Baltimore começou melhor e logo abriu o placar. Mostrando que a noite ia ser sua, Joe Flacco encontrou dentro de end zone Anquan Boldin e colocou o Ravens na frente.
 
O quarterback, aliás, fez um primeiro quarto quase perfeito, contando com a sorte para evitar ser sacado em pelo menos duas ocasiões e efetuando lançamentos perfeitos. O único pecado aconteceu justamente no último lance do quarto, quando foi sacado por McDonald e perdeu a chance de ampliar com o field gol.
 
Vendo um adversário melhor pela frente, o San Francisco esteve perdido em campo nos dois primeiros tempos. O reflexo do momento do 49ers na partida acontece no segundo quarto, quando  após ver um lançamento forçado de Kaepernick ser interceptado por Reed, o time da e iniciar uma pequena confusão em campo.
 
Apesar do Ravens ter dado uma decaída no final do segundo tempo, com Tucker arriscando uma corrida e perdendo chance de marcar o field gol, Flacco continuou em uma jornada excepcional. O jogador efetuou um dos lances mais bonitos da noite, escapando da pressão e lançando 56 jardas para o outro grande nome da noite, Jacoby Jones, que ainda dançou em frente a defesa antes de marcar e abrir uma grande vantagem para o Baltimore. O San Francisco ainda converteu um field goal, mas não foi o suficiente para evitar o gosto de lavada na descida para o vestiário.
 
Se a lembrança da reação diante diante do Atlanta  ainda era um fio de esperança para o San Francisco virar o jogo, Jacoby Jones tratou de colocar um balde de água fria e ainda escrever seu nome na história do Super Bowl. O wide receiver pegou o retorno e em uma corrida de 108 jardas (a maior já registrada em uma final de conferência), colocou o Ravens 22 pontos à frente. Mas ainda havia jogo pela frente.
 
Apagão acende 49ers
Um queda de energia no estádio atrasou em 36 minutos o que parecia ser uma vitória certa do Baltimore. Mas o 49ers acordou quando a luz voltou e mudou o jogo. Em poucos minutos a equipe de San Francisco fez dois touchdowns (o primeiro com Michael Crabtree e o segundo com Franck Gore) e um field goal para diminuir o placar para cinco pontos.
 
No último quarto, Colin Kaepernick carregou a bola e marcou o terceiro touchdown seguido para o San Francisco e incendiou de vez o jogo, baixando a diferença para três pontos faltando pouco mais de quatro minutos para o fim da partida.
 
Apesar da esperança dada pela inesperada mudança de atitude do 49ers de ver a maior virada na história do Super Bowl (que é de 10 pontos) acontecer,a vantagem inicial do Ravens falou mais alto no final. Segurando o jogo e contando os segundos (cedeu ainda um safety de dois pontos, quando o adversário o derruba em sua própria end zone), o Baltimore saiu vitorioso pela segunda vez em sua história além de ver  Joe Flacco ser eleito MPV (melhor jogador da decisão) da partida. Foi também a primeira vez que o San Francisco chega à final da conferência e não levanta a taça. Em todas as outras cinco ocasiões a equipe foi campeã.
 
Via Estadão
Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Tite volta a chamar Gabigol e Daniel Alves para a Seleção
Esportes
Nesta terça, Libertadores tem rodada com Palmeiras, Flamengo Internacional e Santos
Esportes
Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, ex-Fox Sports e ESPN
Esportes
Em busca da Champions League, Neymar renova contrato com o PSG até 2025
Esportes
AGORA É LEI: Atividade física é serviço essencial em MS
Esportes
Times brasileiros voltam a campo nesta quarta pela Libertadores e Sul-americana
Esportes
Atual campeão da Libertadores, Palmeiras recebe Del Valle pela 2ª rodada da competição
Esportes
Pista de skate improvisada por garotos do Aero Rancho é destruída
Esportes
Aos 16 anos, ciclista Chapadense assina contrato com Portugal
Esportes
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio