Menu
Busca quinta, 27 de janeiro de 2022
(67) 99647-9098
Governo - conta energia
Esportes

Campeão paralímpico André Brasil faz vaquinha virtual para processar IPC

Paratleta quer reverter decisão que o tirou das piscinas

16 novembro 2021 - 18h23Da Redação, com Agência Brasil

O nadador paralímpico André Brasil processa, desde abril de 2019, o Comitê Paralímpico Internacional (IPC) buscando uma revisão do processo que o considerou inelegível para a prática do esporte adaptado.

A justificativa do órgão que rege o paradesporto mundial é que, na ocasião, ocorreu uma reclassificação em diversas modalidades, entre elas a natação. Com essa mudança, o brasileiro, que antes estava na classe S10 (aquela que reúne os atletas de menor comprometimento funcional), passou a estar fora do padrão para seguir nadando oficialmente. Dessa forma, ele está impedido de participar de qualquer competição.

Segundo o atleta, a decisão do IPC não levou em consideração tecnologia, ciência, imagens subaquáticas (no caso da natação) e exames médicos. “Infelizmente, não sou o único atleta a passar por esse tipo de situação perante o IPC. Muitos atletas de basquete em cadeiras de rodas que se classificaram para os Jogos Paralímpicos de Tóquio também foram repentinamente notificados de que não poderiam mais competir, pois o IPC decidiu alterar as regras de classificação. Atletas de tênis em cadeira de rodas enfrentaram o mesmo desafio, mas seu comitê local conseguiu negociar com o IPC um período de transição para permitir que competissem em Tóquio. Além de mim, outros tiveram essa oportunidade negada. Nossas carreiras foram encerradas pelo IPC, embora nossas condições médicas e deficiências nunca tenham apresentado qualquer grau de melhora”, declarou André Brasil através da assessoria de imprensa.

O processo segue na Alemanha e os tribunais exigem um depósito de 10 mil euros (aproximadamente R$ 63 mil). Além disso, o IPC exige um depósito de segurança inicial adicional no valor de 22 mil euros (R$ 137 mil).

“Fui excluído do esporte que mudou a minha vida e ainda preciso encontrar uma forma de obter esse valor necessário para me defender”, diz o atleta, que lançou na internet uma vaquinha virtual para buscar apoio para seguir à frente com o pedido de reversão.

“Essa luta é de todos que acreditam em um esporte inclusivo e não exclusivo”, concluiu. Em 15 anos de seleção brasileira, André Brasil conquistou 14 medalhas em Jogos Paralimpicos, 32 em Campeonatos Mundiais e 21 em Jogos Parapan-Americanos.

Corumba - vacinação

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Palmeira vence Copinha pela 1 ª vez ao golear o Santos por 4 a 0
Esportes
Onde assistir o duelo Palmeiras x São Paulo hoje à noite
Esportes
Dupla de brasileiro joga hoje às 22h35 na Austrália
Esportes
É do porco! Palmeiras é eleito o melhor do mundo, título inédito para o país
Esportes
Rayssa Leal fatura STU de Criciúma, 1ª etapa do circuito brasileiro
Esportes
Tite faz primeira convocação do ano para reta final das eliminatórias
Esportes
Campo-grandense Yeltsin recebe prêmio de melhor atleta e é destaque na Forbes
Esportes
Flamengo anuncia Paulo Sousa como novo técnico em 2022
Esportes
Sancionado apoio financeiro 'Auxílio Atleta' em Campo Grande
Esportes
Time do Sinpol ganha campeonato e leva troféu 'Chargista Marcos Borges'

Mais Lidas

Polícia
Homem passa mal e morre na casa da mãe
Polícia
Irmãos matam pai a pauladas por acharem que ele matou a mãe deles
Comportamento
Murilo abre mão de bens na divisão do patrimônio de Marília, diz colunista
Polícia
Homem esfaqueado no peito pela esposa no Noroeste morre no hospital