Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Esportes

Santos vence Corinthians e conquista hegemonia no século

16 maio 2011 - 09h42Folhapress

No confronto das duas equipes que mais ganharam o Campeonato Paulista no século, três conquistas cada uma, o Santos venceu o Corinthians por 2 a 1, gols de Arouca e Neymar para os donos da casa e Morais para os visitantes, conquistou o bicampeonato Estadual, chegou ao seu 19º título na história e tornou-se o maior vencedor do século XXI.

Com isso, o time também ganhou mais tranquilidade para disputar a Taça Libertadores, o torneio mais importante para o Santos no ano, onde vai jogar na quarta-feira, contra o Once Caldas, no Pacaembu, podendo empatar para chegar à semifinal, já que venceu o jogo de ida por 1 a 0.

Os dois times começaram a partida de forma frenética, com forte marcação e saídas em velocidades de ambas as partes.

Sem muita emoção, sem drama nem polêmicas, o Santos, cansado pelo maratona de jogos decisivos --perdeu mais um jogador machucado, Jonathan saiu ainda no primeiro tempo com lesão muscular, entrou disposto a resolver a partida o mais rápido possível.

Com isso, foi controlando jogo desde o início e ameaçando o Corinthians.

E começou a assustar com Léo, que chutou por cima do gol defendido por Júlio César. Com 15min, teve um tento anulado de Zé Eduardo, por causa de impedimento. Mas dois minutos mais tarde, os donos da casa marcariam.

Léo lançou Zé Eduardo na área e o camisa 9 rolou para o volante Arouca, que livre de marcação, só teve o trabalho de empurrar para as redes corintiana. 1 a 0 Santos, aos 17min.

Arouca que, durante a semana, declarou que havia sonhado que faria o gol do título santista. A partir daí, o Corinthians tentou ir para cima. Mas voltou a esbarrar na sua falta de qualidade para criar jogadas de perigo.

Além disso, o time --que tem seu jogo baseado nos contra-ataques-- tem jogadores que não estão em boa fase técnica, caso do atacante Dentinho, que está acertando sua transferência para o Shaktar Donetsk, da Ucrânia. Bruno César e Jorge Henrique, também mal, não puderam ajudar Liedson, o único que se salvava no ataque da equipe.

O Santos, que após o gol se retraiu para explorar os contra-ataques, viu que poderia definir a decisão e foi para cima. E perdeu a oportunidade de ir para o vestiário com uma vantagem maior.

Arouca acertou a trave e Neymar perdeu, por pura displicência e preciosismo, chance clara de gol, sendo parado por Júlio César. Na volta da segunda etapa, o técnico Muricy Ramalho, do Santos, disse que era preciso o time ter atenção nos primeiros minutos, porque o Corinthians deveria pressionar no início.

Tite, precisando de pelo menos um gol para levar a partida para as penalidades, resolveu mudar a equipe. Promoveu a entrada de Willian, mas sacou o atacante Dentinho.

De fato, o Corinthians voltou melhor. Pelo menos, apresentou mais vontade do que no primeiro tempo. Mas sempre de uma mesma maneira, explorando as bolas paradas. O Santos, apoiado na vantagem, especulava e esperava a bola do contra-ataque, para definir o título.

Tite foi mexendo no Corinthians para tentar mudar a história da final. Promoveu a entrada de Ramírez e Morais, nos lugares de Paulinho e Bruno César, respectivamente. O time tentava, mas sem criatividade, não conseguia entrar na defesa santista.

Neymar, diferentemente da primeira partida, quando assumiu a responsabilidade após a saída de Ganso, estava apagado. Mas quando apareceu, mesmo sem brilhar, decidiu a partida.

O camisa 11 recebeu em contra-ataque, invadiu a área e chutou fraco, mas o goleiro Júlio César, em falha clamorosa, aceitou. 2 a 0 Santos aos 38min.

Quando todos pensavam que a partida estava decidida, Morais diminuiu, também com a colaboração do goleiro santista. Mas não dava tempo para mais nada e o time santista comemorou o bicampeonato Estadual.

Com informações da Folha de São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Inter vence São Paulo no Morumbi e volta à liderança do Brasileiro
Esportes
Verdão faz 4 a 0, humilha Corinthians e fica a 6 pontos do líder São Paulo
Esportes
Finalista da Libertadores, Santos duela com Botafogo em crise no Brasileiro
Esportes
COVID: Hernanes testa positivo e desfalca São Paulo contra Athletico
Esportes
Após nova condenação, Santos planeja rescisão de contrato com Robinho
Esportes
Palmeiras e Grêmio abrem hoje a 30ª rodada do Brasileirão
Esportes
O jogador Marcel Sabitzer tem contratação disputada por Arsenal e Tottenham
Esportes
Palmeiras decide a Copa do Brasil contra o Grêmio em casa
Esportes
Santos encara o Boca por 'final brasileira' na Libertadores
Esportes
Neymar volta a treinar quase um mês após lesão no tornozelo

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio