Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Tiago e Leandro são ouro no Pan. Portela e Mayra ficam com o bronze

28 outubro 2011 - 10h25Washington Alves/Inovafoto/COB

O judô brasileiro conquistou mais quatro medalhas nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara 2011, no México. Nesta quinta-feira, dia 27, Leandro Guilheiro (81kg) e Tiago Camilo (90kg) foram ouro, enquanto Maria Portela (70kg) e Mayra Aguiar (78kg) ficaram com o bronze.

Nesta sexta-feira entram no tatame Leandro Cunha (66kg), Bruno Mendonça (73kg), Rafaela Silva (57kg) e Katherine Campos (63kg).

Na decisão do Pan, Leandro Guilheiro venceu por ippon o porto-riquenho Gadiel Miranda. Já Tiago Camilo bateu, também por ippon, o cubano Asley Gonzalez. Na luta pelo bronze, Maria Portela venceu por ippon a americana Kathleen Sell, enquanto Mayra Aguiar superou por ippon Lorena Briceño.

Para chegar à final, Leandro Guilheiro venceu todas as lutas por ippon. Na primeira rodada, Leandro passou por Luis Retamales, do Chile. Depois, o brasileiro venceu German Velazco, do Perú. Na semifinal, Guilheiro superou o canadense Antoine Valois.

Tiago Camilo também teve um caminho de ippons até a decisão com o cubano Asley Gonzalez. Tiago venceu na primeira luta o canadense Alexandre Emond e depois passou pelo mexicano Isao Cardenas.

"Foram quatro anos de esperava. O título dos Jogos Pan-Americanos era algo que estava engasgado desde a derrota na final do Pan do Rio 2007. Mesmo sendo uma competição no fim da temporada era um evento que eu sempre quis lutar. Foi sem dúvida um dos eventos que lutei mais motivado, principalmente por poder viver agora algo que gostaria de ter vivido há quatro anos no Rio", diz Guilheiro.

Tiago Camilo acredita que o título no Pan de Guadalajara vai recolocar seu nome no cenário do judô mundial. Apesar de conquistas em diversos eventos do Circuito, o judoca acredita que faltava algo com o peso de um jogos pan-americanos.

"É uma vitória que me coloca de volta ao cenário. Estava faltando um título de expressão desde que subi para a categoria de 90kg. É muito bom ouvir o hino nacional e, com esse ouro, ganho muita confiança para as próximas competições. Esta vitória foi muito importante para mim",

Os bronzes de Maria Portela e Mayra Aguiar vieram com vitórias sobre Kathleen Sell (USA) e Lorena Briceño (ARG), respectivamente. Após uma vitória relâmpago por ippon sobre Vanessa Chala, do Equador, Maria Portela acabou derrotada na semifinal do Pan pela campeã mundial Yuri Alvear, da Colômbia. Já Mayra Aguiar venceu Veronica Chala, do Equador, na primeira rodada e acabou superada, numa final antecipada nas quartas, pela americana Kayla Harrison, campeã mundial em 2010. As duas já protagonizaram quatro confrontos nesta temporada, com duas vitórias para cada lado. Na repescagem, Mayra venceu a mexicana Lenia Ruvalcaba, por ippon em cinco segundos.

No confronto com a americana, Maria Portela venceu a americana e mostrou que tamanho não é documento.

"Eu nem tenho ideia da diferença que temos de altura, mas ela era bem maior. Aliás, eu é que sou baixinha. Meu treinamento é voltado para que eu não tenha dificuldade com adversárias mais altas. Treinei muito e tinha condições de brigar pelo ouro, mas estou feliz", diz Maria Portela.

Já Mayra Aguiar lamentou o fato de lutar com a rival americana nas quartas-de-final.

"Num geral foi bom, tirando a fatalidade de sofrer uma punição logo no começo da luta contra a americana. Acabei conseguindo um ippon bonito na disputa do bronze e o bronze é bem vindo", afirma.

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Campo Grande sediará a Liga das Nações que foi adiada para 2021
Esportes
Fluminense perde para o Volta Redonda na reestreia de Fred
Esportes
Nenê testa positivo para covid-19 e está fora do Campeonato Carioca
Esportes
Amigos do Parque volta com nova formatação durante pandemia
Esportes
Operário convoca torcedores para se associarem e ajudar o Clube
Esportes
Etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude é cancelada
Esportes
Em "novo normal", Flamengo bate por 3 a 0 o Bangu na volta do Carioca
Esportes
Flamengo e Bangu reabrem Campeonato Carioca após paralisação
Esportes
Dividas de clubes de futebol com a Receita Federal podem ser suspensas
Esportes
Corrida Digital tem estratégia inovadora

Mais Lidas

Saúde
Entenda porque exercícios físicos na quarentena talvez não seja tão bom assim
Polícia
Dezenas de presos fogem de cadeia na madrugada
Polícia
Fugindo de "tribunal do crime", homem invade casa e se tranca no banheiro
Geral
Vídeo: batida entre motos nas Moreninhas deixa jovem gravemente ferido