Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Árvores floridas garantirão explosão de cores na nova 14 de julho

O colorido das árvores será um detalhe a mais na via para o processo de pedestrelização

09 novembro 2019 - 17h25Da redação

O campo-grandense, apaixonado pelos ipês que embelezam a cidade a cada florescer, terão novos motivos para encher suas redes sociais e álbuns de fotografia nos próximos anos. A nova 14 de Julho proporcionará uma explosão de cores nas dezenas de árvores plantadas na obra do Reviva Campo Grande.

A 14 de Julho, da Fernando Corrêa da Costa a Avenida Mato Grosso, será colorida pelas 180 árvores que fazem parte do paisagismo da via, que foi toda transformada para que o campo-grandense volte a ter prazer em fazer compras no Centro da Capital, um pouco esquecido com a chegada dos shoppings e fortalecimento do comércio nos bairros.

As ilhas de descanso, instaladas por toda a extensão do Reviva Campo Grande, estão acompanhadas de mudas de ipê amarelo, árvore da China, aldrago, ipê branco, pau mulato, erva mate, pau ferro, jacarandá mimoso, lofântera da Amazônia, fruta de tucano, ipê roxo e grandiuva.

O colorido das árvores será um detalhe a mais na via, desenhada especialmente para o processo de pedestrelização, que consiste em devolver a rua aos pedestres, tirando da 14 o status de via de passagem de veículos.

Obra

Entre as inovações previstas no projeto, está a instalação de rede de wi-fi em toda a via e câmeras de segurança em cada quadra. “Temos a concepção de um projeto que leva para a área central a proposta de um shopping a céu aberto, com toda a confortabilidade que o cidadão merece e busca quando vai fazer compras. Vamos devolver ao centro o status de coração comercial da cidade, e desta vez, um coração requalificado”, explica a coordenadora do Reviva Campo Grande, Catiana Sabadin.

Para se ter uma ideia da complexidade da obra, as profundas escavações mexeram em estruturas antigas, de mais de 60 anos. E tudo foi trocado. A rede de esgoto foi o primeiro serviço a ser concluído, seguido da drenagem.

O revestimento novo das calçadas, a rede elétrica e de telecomunicações, abastecimento de água, além da infraestrutura para Agetran, segurança e TI. Quando a obra for finalizada, dia 29 de novembro, não se verá mais os fios nos postes, que prejudicam a imagem da cidade.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Carrefour é autuado por vender mais de 50 produtos vencidos
Geral
Felipe Dylon elogia governo e diz que "Bolsonaro tem uma pegada boa"
Geral
Bolsonaro diz que ação contra fake news é para censurar mídias sociais
Geral
Teste de coronavírus dá negativo e Aracy Balabanian segue internada em CTI
Geral
Marquinhos anula aposentadoria de guarda condenado pela morte de Paulo Magalhães
Geral
Pais vendem rifa para arrecadar R$ 23 mil em 15 dias e pagar cirurgia de bebê
Geral
Acumulou! Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 38 milhões
Geral
Mãe de Neymar reata com modelo e compra flat para ele, diz jornal
Geral
Senado aprova aumento do salário mínimo para R$ 1.045
Geral
Auxílio emergencial: Saiba quem recebe 1ª e 2ª parcela nesta quinta

Mais Lidas

Saúde
“Prefeitura fará barreiras sanitárias surpresa”, afirma Marquinhos
Geral
Carrefour é autuado por vender mais de 50 produtos vencidos
Geral
Felipe Dylon elogia governo e diz que "Bolsonaro tem uma pegada boa"
Polícia
Identificado casal morto a facadas enquanto dormiam em MS