Menu
Busca segunda, 19 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Bebê nasce com franja branca

Criança tem piebaldismo, que causa uma desordem na produção da melanina, o pigmento que dá cor à pele

13 dezembro 2018 - 16h53Da redação com informações G1

A bebê Mayah Aziz Oliveira está fazendo o maior sucesso, e tudo começou na sala de parto, ainda na maternidade onde nasceu, em Belo Horizonte. “Ela está com luzes no cabelo”, falou o cirurgião, assim que a criança apareceu.

“Quando veio o meu xeroquinho foi muito legal”, contou a publicitária e produtora de eventos Talyta Youssef, 40 anos, mãe da criança. As duas têm piebaldismo, que causa uma desordem na produção da melanina, o pigmento que dá cor à pele.

A mãe da criança disse que foi um “reboliço” no Hospital Sofia Feldman já nos primeiros minutos da vida de Mayah, que completa 23 dias nesta quinta-feira (13).

E já na maternidade vieram as câmeras, celulares e os holofotes. “Lá na maternidade, as pessoas já começaram a tirar foto dela, e a visitar. Eu fiquei quatro dias internada e aí as enfermeiras, o pessoal da limpeza, o pessoal da equipe do Sofia, começaram a ir visitar e a tirar foto. Aí essas fotos já começaram a rodar”, disse Talyta.

Talyta relatou que sofreu bullying na infância e na adolescência por causa do piebaldismo e que só começou a se relacionar bem com a mecha já na fase adulta, com uns 25 anos.

“Foi bem na fase adulta que eu entendi que isso poderia ser legal, principalmente a do cabelo. A do cabelo foi um pouco antes que eu percebi que ser diferente seria legal. Eu era única. E aí eu comecei a usar isso ao meu favor. E aí eu comecei a virar o jogo pra mim. E eu acho muito interessante isso ser a ferramenta que faz as pessoas terem ternura por ela”, destacou.

De acordo com Ana Cláudia, é muito importa proteger a área com filtro solar ou um boné, um chapéu. “Lembrar de proteger muito a área do triângulo, porque aquela área não tem pigmento, não tem proteção contra a queimadura solar”, destacou.

Certamente, a mãe da Mayah não terá dificuldades para cuidar da bebê. O piebaldismo acompanha a família há algumas gerações. O avô, uma tia e a mãe da Talyta tinham a mecha característica.

 

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Jornalista Moacir de Castro morre após problemas cardíacos
Geral
Brasileira é homenageada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha
Geral
Motoristas do Urban lotam sede para recadastramento
Geral
Cinemas têm até janeiro para garantir acessibilidade a cegos e surdos
Geral
Lances para leilão do Detran encerram nesta segunda
Geral
Prefeitura convoca 14 médicos e assistentes de educação infantil
Geral
Maior concurso na área da saúde reuniu 17.224 mil candidatos na capital
Geral
Aeroporto opera normalmente sem atrasos e cancelamento nesta manhã
Geral
Hospital Regional do MS será modernizado para melhor atendimentoo
Geral
Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose

Mais Lidas

Polícia
Ossada de desaparecido há um ano, é encontrada e reconhecida por família
Polícia
Vídeo - Motociclista bate em ônibus e morre no local
Internacional
Homem bomba mata 63 pessoas em festa de casamento
Polícia
Polícia encontra ponto de venda de drogas em falsa empresa de reciclagem