Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Geral

Em reunião, Energisa concorda parcelar faturas em até 4 vezes

"Não é um aumento abusivo e sim uma variação de consumo por causa da alta temperatura", rebateu concessionária

22 janeiro 2019 - 19h21Marcos Tenório

Em uma reunião nesta terça-feira (22) entre os Procons municipais e estadual, a Decon e a Energisa, a concessionária que administra a distribuição de energia em Mato Grosso do Sul concordou parcelar as faturas dos consumidores em até quatro vezes. A decisão foi tomada depois de moradores denunciarem os valores "abusivos" nas contas de energia do mês de dezembro, com vencimento em janeiro.

Os Procons de Costa Rica, Itaporã e o Procon estadual,  juntamente com a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon), se reuniram  com o presidente e o diretor da Energisa, para buscar uma solução para os consumidores.

O titular do Procon-MS, Marcelo Monteiro Salomão, disse que “a Energisa concordou em parcelar em até quatro vezes as contas que tiveram aumento expressivo", essa foi a maior vitória na reunião, assim o consumidor não tem a sua energia cortada, afirma Salomão.

A reportagem do JD1 Notícias entrou em contato com a Energisa que informou que "não é um aumento abusivo e sim uma variação de consumo por causa das altas temperaturas".

Salomão afirmou que o Procon continua recebendo reclamações que serão encaminhadas para a Energisa para tentar uma conciliação.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Com resultado final, acadêmicos do Vale Universidade Indígena devem assinar termos
Geral
Motociclista morre ao cair e ser arrastado por 10 metros em Campo Grande
Geral
Covid - morre mais um paciente de MS transferido para SP
Geral
Músico morre esmagado após caminhão invadir preferencial
Geral
Empresário escapa da morte em grave acidente na BR-463
Geral
Autoridades debatem taxa de cartórios
Geral
PMA captura gambá em lixeira de residência e devolve a natureza
Geral
Globo e Drauzio terão que pagar R$ 150 mil ao pai de criança assassinada
Geral
Aos 90, morre "Troncoso"
Geral
Reinaldo defende ampliar vacinação em reunião com governadores

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa