Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99647-9098
TJ MS maio20
Geral

“É mais fácil o MS fechar que a Casa China”, diz diretor do Shopping China

Diretor fez declaração ao JD1 rebatendo comentários de que o estabelecimento fecharia suas portas permanentemente

23 maio 2020 - 12h23Gabriel Neves

O Shopping China Importados, popularmente conhecido ainda pelo nome antigo "Casa China" esta fechado desde o dia 16 de março, cumprindo medidas do governo paraguaio em combate ao coronavírus.

O longo tempo de atividades suspensas fez com que comentários circulassem na internet, de que o Shopping China encerraria suas atividades, fechando suas portas.

O JD1 conversou com o diretor da Casa China, Felipe Cogorno, que foi enfático ao dizer “é mais fácil o MS fechar que a Casa China”, se referindo aos boatos que circularam nas redes sociais.

Segundo ele, no momento certo, o conhecido estabelecimento de Pedro Juan Caballero retomará suas atividades .

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Unimed distribui mais de 9 mil máscaras à clientes e colaboradores
Geral
Vadão morre aos 63 anos vítima de câncer no fígado
Geral
Caixa deposita 2ª parcela de R$ 600 de nascidos em setembro ou outubro
Geral
Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial
Geral
Riedel lança e inaugura obras no interior
Geral
Alcione, Sambô, Projota e outros artistas animam o domingo em lives
Geral
Filho de Bolsonaro termina namoro com influenciadora ex de Eduardo Costa
Geral
Homem morre após rolo compressor passar por cima da barriga dele
Geral
Estão liberadas as realizações de vistoria de identificação veicular
As vistorias deverão ocorrer fora das instalações das empresas credenciadas
Geral
Caixa abrirá até 12h para pagamento do auxílio emergencial neste sábado

Mais Lidas

Polícia
Choque faz maior apreensão de maconha da capital: mais de 3t
Saúde
Brasil tem 23.473 mortes pelo novo coronavírus, diz ministério
Entrevista
Alexandre Magno, a nova voz do MP, ao vivo nesta terça
Política
Moro defende apuração de 'circunstâncias anormais' da exoneração de Valeixo