Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Educação abre escolas em 1º de fevereiro com 4.876 professores

31 janeiro 2012 - 10h24Denilson Secreta

As 92 escolas municipais abrirão suas portas na próxima quarta-feira, dia 1° de fevereiro, para receber os 4.576 professores do quadro efetivo e os 300 concursados que foram convocados neste mês, cuja posse e a designação nas escolas onde atuarão serão concluídas até o final de janeiro

Neste período de atividade interna, os professores se dedicarão ao planejamento das suas atividades pedagógicas e no dia 9 estarão preparados para receber os mais de 96 mil alunos da Rede Municipal de Ensino. Como a secretaria municipal de Educação resolveu ampliar de cinco para oito dias este treinamento, o início das aulas foi adiado do dia 6, segunda-feira para dia 9, uma quinta-feira. Segundo a secretária Maria Cecília Amendola da Motta, não haverá nenhum prejuízo para os alunos.

O calendário do ano letivo reserva 18 dias para atividades de planejamento. Estão sendo antecipados três dias para a primeira semana de fevereiro e, ao longo de 2012, esses três dias de aula serão ministrados nas datas reservadas originalmente ao trabalho pedagógico. A secretária informa que a decisão de reforçar a preparação dos professores no início do ano letivo foi motivada pela convocação de 300 aprovados (o correspondente a 6,5% do quadro efetivo), nos concursos de 2007 e 2009.

Outra motivação para ampliar esta fase inicial de contato dos professores com a realidade da escola é que a partir deste ano letivo a prefeitura vai ampliar a oferta da educação infantil na rede municipal, oferecendo 157 turmas de pré-escola 1 (para crianças de quatro anos) e 180 de pré-2 (crianças com cinco anos), se antecipando ao determinado pela emenda constitucional 59, que dá prazo até 2016 para as prefeituras oferecerem a pré-escola.

Nos últimos seis anos, com o apoio da prefeitura, o número de professores com pós-graduação passou de 844 para 2.991. Maria Cécilia atribui a este investimento na qualificação dos professores a melhoria dos indicadores educacionais da Reme, que segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) tem hoje o menor índice de evasão escolar do País. Em 2005, a taxa de evasão era de 7,62%,; em 2011 caiu para 2,85%. A reprovação saiu de 15,15% para 5,77% e a aprovação saltou de 76,47% para 91,4%.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Estado entrega projeto que prorroga abono por mais 12 meses
Geral
Última parcela do IPVA 2019 vence no próximo dia 31
Geral
Fornecimento de energia na região do Santa Fé é restabelecido
Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Geral
Após pane em sistema do Detran, atendimento é normalizado
Geral
Parque dos Poderes será interditado no domingo para TAF
Geral
Facebook apaga fake news e contas de extrema-direita
Geral
Raviera lança BMW Z4 hoje na capital
Geral
Agnaldo Timóteo é internado após sofrer um AVC
Geral
Concessionárias poderão ser proibidas de cortar serviços nas sextas-feiras

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas