Menu
Busca quinta, 02 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Educação abre escolas em 1º de fevereiro com 4.876 professores

31 janeiro 2012 - 10h24Denilson Secreta

As 92 escolas municipais abrirão suas portas na próxima quarta-feira, dia 1° de fevereiro, para receber os 4.576 professores do quadro efetivo e os 300 concursados que foram convocados neste mês, cuja posse e a designação nas escolas onde atuarão serão concluídas até o final de janeiro

Neste período de atividade interna, os professores se dedicarão ao planejamento das suas atividades pedagógicas e no dia 9 estarão preparados para receber os mais de 96 mil alunos da Rede Municipal de Ensino. Como a secretaria municipal de Educação resolveu ampliar de cinco para oito dias este treinamento, o início das aulas foi adiado do dia 6, segunda-feira para dia 9, uma quinta-feira. Segundo a secretária Maria Cecília Amendola da Motta, não haverá nenhum prejuízo para os alunos.

O calendário do ano letivo reserva 18 dias para atividades de planejamento. Estão sendo antecipados três dias para a primeira semana de fevereiro e, ao longo de 2012, esses três dias de aula serão ministrados nas datas reservadas originalmente ao trabalho pedagógico. A secretária informa que a decisão de reforçar a preparação dos professores no início do ano letivo foi motivada pela convocação de 300 aprovados (o correspondente a 6,5% do quadro efetivo), nos concursos de 2007 e 2009.

Outra motivação para ampliar esta fase inicial de contato dos professores com a realidade da escola é que a partir deste ano letivo a prefeitura vai ampliar a oferta da educação infantil na rede municipal, oferecendo 157 turmas de pré-escola 1 (para crianças de quatro anos) e 180 de pré-2 (crianças com cinco anos), se antecipando ao determinado pela emenda constitucional 59, que dá prazo até 2016 para as prefeituras oferecerem a pré-escola.

Nos últimos seis anos, com o apoio da prefeitura, o número de professores com pós-graduação passou de 844 para 2.991. Maria Cécilia atribui a este investimento na qualificação dos professores a melhoria dos indicadores educacionais da Reme, que segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) tem hoje o menor índice de evasão escolar do País. Em 2005, a taxa de evasão era de 7,62%,; em 2011 caiu para 2,85%. A reprovação saiu de 15,15% para 5,77% e a aprovação saltou de 76,47% para 91,4%.

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Hoje é o último dia para pedir o auxílio emergencial
Geral
Vídeo: veja o momento da “pancada” entre motos nas Moreninhas
Geral
Coronavírus: Jovem se recupera após 11 dias internada em MS
Geral
Detran-MS inicia leilão de 235 motocicletas aptas para circulação
Geral
Médico morto pelo coronavírus ganha homenagem em hospital de MS
Geral
Campo-grandense conta momentos de terror em Santa Catarina
Geral
Proprietários devem licenciar em julho veículos com placas finais 5 e 6
Geral
“Ciclone-bomba” pode causar mais estragos hoje, no Sul
Geral
Vídeo - Sobe para 6 o número de mortos por ciclone em Santa Catarina
Geral
Salomão quer votação de PL que combaterá o superindividamento

Mais Lidas

Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Polícia
Trocando o martelo por faca, Chapolin se revolta com brincadeira e ataca dupla em bar
Saúde
Coronavírus: mais 386 novos casos totalizam 9.062 em MS
Polícia
Pai e filho morrem em capotamento de carreta na capital