Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Emha oferece estágio remunerado para acadêmicos

O estágio é uma forma de incentivo para alunos de arquitetura e urbanismo

01 outubro 2019 - 14h36Sarah Chaves, com informações da assessoria

A Agência Municipal de Habitação (Emha), divulga vaga para estágio obrigatório (meio período) para estudantes de Arquitetura e Urbanismo da Capital. Os interessados devem enviar currículo e um texto explicando o motivo do interesse da vaga pelo e-mail: habitaçã[email protected]

A Emha também busca premiar a criatividade deles e lançou no Feirão Habita Campo Grande, que aconteceu entre os dias 15 e 17 de agosto deste ano, a segunda edição do prêmio para estudantes de Arquitetura e Urbanismo: Campo Grande Bem Melhor.

O prêmio teve como objetivo consolidar os conhecimentos da academia para buscar soluções atuais para as antigas problemáticas das cidades de forma geral.

O grupo vencedor deste ano foi composto por Daniella Alves Leal e Mariana Marsura da Silva Leme, orientadas pela Profa. Andrea Naguissa Yuba, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, com o tema Habitação Guará.  O projeto apresentou um empreendimento de interesse social, com critérios de construção por meio de mutirão assistido, destinado a homens e mulheres para promover geração de empregos e qualificação profissional para os moradores que ali habitaram, na região entre os bairros Tiradentes e Vilas Boas, favorecendo nesse último citado, a movimentação do comércio noturno mais ativo da região.

As acadêmicas, pela excelência ao atendimento dos quesitos solicitados pelo 2º Prêmio, receberam o troféu Campo Grande Bem Melhor – Emha e o cheque no valor de R$ 1.500,00. Para Daniella Alves Leal, uma das integrantes do projeto vencedor. “Esse concurso, colocando em questão a maneira de projetar habitações sociais, deu a oportunidade de mostrar que na faculdade de arquitetura, as ideias de melhoria dos espaços são também inclusivas”, considerou a acadêmica

De acordo com Mariana, também parte do grupo vencedor pelo projeto Habitação Guará, é importante que os estudantes participem desse concurso. “Houve a chance de colocar em prova os conhecimentos adquiridos na faculdade. Diferentemente daquilo que o mercado impõe, tivemos a liberdade para estudar e utilizar métodos construtivos não convencionais, além de aplicar conceitos de urbanismo e sustentabilidade que melhoraria a qualidade de vida.  Não só dos beneficiados pela habitação, mas para toda a cidade direta ou indiretamente”, explica a vencedora.

 

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Em 2019 apreensões de entorpecentes aumantam 16% no Estado
Geral
Ingrid está desaparecida há mais de 20 dias e mãe faz apelo
Geral
Família procura homem que teve crise de pânico e desapareceu
Geral
“Não era necessário uso de spray”, diz secretário ao afastar guardas
Geral
Reinaldo, o príncipe do pagode, morre aos 65 anos
Geral
Segunda-feira começa sem cancelamentos e atrasos no aeroporto
Geral
Homem ateia fogo na casa da ex por não aceitar o fim do relacionamento
Geral
Polícia Civil confirma 4 mortes por suspeita de envenenamento
Geral
Alto-falantes inteligentes chegam ao Brasil
Geral
Mega-Sena é acumulada e próximo prêmio será de R$ 13,5 milhões

Mais Lidas

Polícia
Jovem morre fuzilado e mulher é ferida por estilhaços
Polícia
Aos 84 anos, "vovó" é presa dirigindo bêbada após sair de baile
Polícia
Jovem motociclista morre após bater em meio-fio e ser arremessado em rio
Oportunidade
Funtrab oferece 944 vagas de emprego em todo o MS