Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Sebrae
Geral

Familiares de Paulinho do Rádio, dizem que ele não morreu e aguardam exames

Artista que dançava com rádio no ouvido na Afonso Pena, é um dos personagens da Capital, e teve complicações causadas pela diabetes

11 abril 2021 - 14h48Brenda Assis

Paulinho do Rádio, que dançava na Afonso Pena com seu rádio no ombro, fazendo publicidade de causas e clientes, está nas últimas. Sua morte cerebral já teria sido comunicada pelos médicos, e seu quadro seria irreversível. 

Após ter uma grave crise glicêmica, causada pelo diabetes, Paulinho foi internado e segue em estado grave no Hospital do Pênfigo. Neste domingo (11), a irmã dele, Maria Olinda da Silva Batista, conhecida popularmente como Mana Batista, informou ao JD1 Notícias que Paulinho irá passar por um exame de tomografia cerebral para constatar a possível morte encefálica anunciada.  

“Ele teve uma crise de glicemia, está internado a mais de um mês intubado e nesta semana os médicos diminuíram a sedação, tem mais ou menos quatro dias isso, mas ele ainda não respondeu aos estímulos dos médicos. A morte cerebral é uma hipótese que vai ser constatada depois da tomografia que ele vai fazer”, conta Mana. 

De acordo com o ela, o hospital está passando poucas informações sobre o quadro de Paulinho, recebendo notícias apenas através de boletins nada explicativos. “Nós nem podemos ficar no hospital, é compreensível por causa da pandemia, mas temos poucas informações e isso causa rebuliço. Eu fico com medo toda vez que alguém me liga e muitos já me ligaram ou mandaram mensagem de pêsames”, explica. “Ele está sem responder, mas ainda depende dos aparelhos para respirar. Só vamos ter certeza de algo depois dos exames”. 

Mana contou também da suspeita de covid-19 e de como isso repercutiu na mídia. “Ele ficou muito tempo no hospital, teve febre e outros sintomas de covid-19, mas o resultado do primeiro exame deu negativo. Esse teste ia ser refeito ontem ou hoje, mas ainda não sabemos o resultado. Muitos jornais deram por aí que Paulinho estava internado com coronavírus, mas não é isso, é tudo culpa do diabétes”, explica ela. “Estou tendo que explicar pra muitos jornais toda a história, minha cabeça já está cheia disso”, conta Mana ao JD1 Notícias.

Mana está em Jardim, aguardando notícias mais concretas sobre o estado de saúde do irmão. “Não tinha como eu ficar em Campo Grande, ele foi transferido para lá porque os hospitais têm mais estrutura que os daqui. Eles não dão notícias fora de hora, como falei, parece que não temos direito de conversar com ninguém lá dentro. Estamos aguardo e esperando que sejam boas notícias”, finaliza.

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mais de 250 empregos podem ser gerados por projetos do Codecon
Cidade
Prefeitura abre pré-cadastro para vacinação de pessoas entre 18 e 29 anos
Saúde
MS recebe mais de 50 mil doses da AstraZeneca nesta quinta
Geral
Leilão do exército tem 38 caminhões, ônibus e picapes
Geral
Depac Cepol suspenderá atendimento na manhã desta sexta-feira
Geral
Motociclista invade preferencial e quase morre em acidente
Geral
Candidatos ao estágio remunerado da PGE podem conferir lista de pontuação
Geral
Vídeo: caminhão carregado de tijolos tomba "igual" Karol Conka
Geral
Capital prorroga inscrições de processo seletivo para assistente de educação infantil
Geral
Governo lança "Aqueça Uma Vida" para arrecadação de agasalhos

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio