Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Geral

Governo de MS ajudará com a compra de medicamentos para o Rio Grande do Sul

Caso apoio seja aprovado juridicamente, Riedel apontou que recurso será de aproximadamente R$ 1 milhão

27 maio 2024 - 16h11Pedro Molina e Brenda Leitte    atualizado em 27/05/2024 às 16h45

O governador Eduardo Riedel participou, na tarde desta segunda-feira (27), do evento de encerramento da campanha ‘Seu Abraço Aquece: doe calor e faça o bem’, onde detalhou que o apoio do governo do Estado pelo Rio Grande do Sul ainda continuará.

Riedel explicou que, por meio do consórcio Brasil Central, o governo de Mato Grosso do Sul ajudará com a compra dos medicamentos para o governo gaúcho.

“Eles nem estão precisando mais de roupa neste momento, eles estão precisando de medicamento, de alimentos, de água, são outros itens que estão sendo atendidos. Agora é o momento de a gente acompanhar a reconstrução do Rio Grande do Sul”, explicou.

Devido à natureza deste apoio, com os fundos partindo dos cofres sul-mato-grossenses, ele precisará ser aprovado juridicamente. Caso seja aprovado, o governador apontou que o apoio será de aproximadamente R$ 1 milhão.

Recorde de arrecadações

Riedel ainda destacou que a campanha de arrecadação deste ano “bateu recorde de apoio para as pessoas”, e que o governo já está agilizando a doação dos itens arrecadados para famílias e pessoas necessitadas.

“Essa é uma ação do servidor, da servidora do Estado, de qualquer um dos poderes, todos se envolvem, e que com muita dedicação, muito carinho, muito amor, muita solidariedade, faz esse gesto junto com todos os parceiros da iniciativa privada, no sentido de buscar esse casaco, essa roupa, o cobertor, seja o que for que possa dar esse abraço, esse conforto para pessoas que tem essa necessidade”

 

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Pixabay
Geral
Festival do Vinho terá degustação aberta ao público dia 28 de junho na Capital
Foto: Rovena Rosa Agência Brasil
Geral
Enel confirma investimento de R$20 bilhões para acabar com apagões no Brasil
Governador Eduardo Riedel ao lado do prefeito de Batayporã, Germino Roz
Geral
Investimento de R$ 23,3 milhões deve solucionar enchentes em Batayporã
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Geral
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Geral
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Governador Eduardo Riedel na 46° edição da Expotrês
Geral
Na Expotrês, Riedel elogia inovações que aumentam produtividade do agro
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
Geral
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Geral
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Geral
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado
Geral
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima