Menu
Busca terça, 22 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Geral

Idosa de 68 anos é multada em R$ 4,2 mil por desmatamento

Vegetação nativa foi derrubada para limpeza e plantio de lavoura sem autorização ambiental

22 janeiro 2019 - 16h57Da redação com assessoria

Em uma operação nas propriedades rurais do município de Anaurilândia, policiais militares ambientais de Batayporã autuaram nesta terça-feira (22), no final da manhã, uma proprietária rural pelo desmatamento de árvores nativas para plantio de lavoura em sua propriedade.

A polícia conseguiu localizar diversas espécies na área rural, entre elas a canafístula, farinha-seca e garapa, que foram derrubadas em uma área de 14 hectares na fazenda, para limpeza e plantio de lavoura sem autorização ambiental.

As atividades foram paralisadas e a madeira apreendida. A infratora de 68 anos foi autuada administrativamente e multada em R$ 4,2 mil. Ela também responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção. A infratora foi notificada a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Procon-MS registra alto número de denúncias de consignados irregulares
Geral
Para evitar fraudes, bomba de combustível terá assinatura digital
Geral
Unigran realiza congresso científico
Geral
IPEMS chega aos 30 anos de mercado
Geral
Terça é dia de D2 da Coronavac e Astrazeneca; veja as datas
Geral
Orçamento de 2022 será votado nesta terça
Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos
Geral
Para roubar dados em prefeituras, golpistas usam nome do deputado Dagoberto Nogueira
Geral
Prefeitura garante selo do SIM a produtos e empresas

Mais Lidas

Geral
Foi convocado? Agehab divulga lista de beneficiários para ocupação de imóveis
Polícia
Menina de 11 anos era estuprada pelo pai no trajeto da igreja
Polícia
Bandido morre após tentar assaltar policial
Geral
Morta pelo marido, Lindinalva era professora e deixa dois filhos