Menu
Busca terça, 28 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Geral

"Indulto ajudará presos, mas é legal", diz advogado

Indulto de Natal de 2018 foi votado nesta quinta pelos ministros do STF

29 novembro 2018 - 18h43Da redação

O indulto de Natal publicado pelo presidente Michel Temer, em dezembro de 2018, e votado nesta quinta-feira (29), pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), causa polêmicas pelas regras previstas para o perdão da pena de condenados por corrupção.

Para o advogado criminalista, Paulo Belarmino de Paula Júnior, os grandes beneficiados com as novas regras são os condenados na Lava Jato. Paulo explica que, antes, as regras eram mais rigorosas. “Antes, a pena máxima era de 12 anos e agora o decreto, que ainda não está em vigor, mas já foi publicado, não fixou a pena máxima para que o condenado seja beneficiado, talvez tenha interesse para beneficiar as pessoas da Lava Jato que tiveram penas altíssimas”, citou.

O advogado também atenta para a diminuição do período máximo de cumprimento de pena, que no outro decreto era de 1/4, e neste propõe 1/5. “Dividiu a pena por cinco, se a pessoa foi condenada a dez anos, ele vai cumprir apenas dois anos”, comentou, ao ressaltar que o decreto de Temer, da maneira que está, beneficia muitas pessoas condenadas por crimes mais graves e penas mais altas.

Paulo ainda comentou sobre a declaração do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre a não concessão de indulto, a partir de 2019. Para ele, não conceder o benefício aos condenados é inconstitucional. “Talvez ele pegue mais pesado, ele mude outra situação, mas ele tem que fazer”, ressaltou.

Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Mulher é presa por matar e esquartejar o namorado com ajuda do filho dele
Geral
Vídeo: Geraldo "bota fogo no parquinho"
Geral
Muito além de doces, São Cosme e Damião levam alegria para crianças carentes
Geral
Foi convocado? Prefeitura chama merendeiros e veterinários aprovados em processo seletivo
Geral
Tribunal de Justiça retoma atendimento 100% presencial em outubro
Geral
Vídeo: Acidente entre carreta e carro de passeio mata duas pessoas na MS-376
Geral
Meses após perder filho em acidente, pai morre atropelado na mesma rodovia
Geral
Prefeitura libera lotação máxima nos ônibus da capital
Geral
Socorrista leva choque e morre enquanto resgatava vítimas de acidente
Geral
Jovem de 22 anos morre após colidir motocicleta com caminhonete

Mais Lidas

Brasil
Jovem tem dedo amputado após manutenção de unha de Acrigel
Vídeos
Vídeo: Com loirona na garupa da moto, homem quase apanha da esposa na rua
Polícia
Rapaz de 19 anos é preso após ser flagrado na cama com menina de 13 anos
Polícia
Morador de MS morre após carro cair de pontilhão em São Paulo