Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Geral

Jovem foi atingida por tiro nas costas durante tiroteio

22 fevereiro 2011 - 11h58
Daniele Fernanda Hugo Lima foi vítima de bala perdida do tiroteio ocorrido após um assalto, no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Rui Barbosa, em Campo Grande, por volta das 9h30min desta terça-feira. Ela passava na calçada da avenida quando foi atingida nas costas por um tiro disparado ou pelos bandidos, ou pelo policial civil à paisana que testemunhou o assalto. De acordo com o estudante Sony Henry Munhoz Dias, 20 anos, que fazia panfletagem na via e testemunhou o tiroteio, Daniele reclamou de dor nas costas e em seguida se apoiou na parede. Um rapaz que estava com ela viu o ferimento e a levou para dentro da loja Legal Celulares, onde ficou até ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A loja foi fechada para atendimento da jovem, que já foi transportada para a Santa Casa. “Eu vi na hora que ela só reclamou que tinha algo nas costas e encostou na parede e o amigo dela a arrastou para a loja”. De acordo com Sony, os disparos quase atingiram uma outra jovem que fazia panfletagem. “Eu ouvi os tiros. Ficamos assustados e por pouco não pegou na menina que entregava panfletos”. Assalto- O tiroteio aconteceu após um assalto ocorrido na frente da agência do HSBC. O policial civil que atirou nos bandidos conta que passava pela calçada quando viu um homem com arma de fogo em uma motocicleta YBR abordar outro, que estava com um pasta nas mãos e disse ser gerente da instituição financeira. Em seguida, outro homem pegou a pasta da mão da vítima e a colocou na mochila que carregava nas costas. Os bandidos também renderam um vigia do local para roubar arma, mas como não tinha, desistiram. Eles ainda teriam visto a arma do funcionário público, que ele diz ter escondido debaixo do capacete, e perguntando se o mesmo era policial. Diante da negativa fugiram, mas poucos metros depois atiraram contra o servidor, que revidou. Testemunhas dizem que foram de quatro a cinco tiros, sendo que um deles atingiu Daniele. Nenhum suspeito do assalto foi preso. Movimentação - Policiais civis e militares estiveram no local. A presença de várias viaturas da Polícia e do Samu chamaram atenção. Muitos curiosos se aglomeraram em frente à loja de celulares e quem passava pelo local questionava o que estava acontecendo. Fonte: CG News
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Neto de Luciano do Valle morre após ser baleado em assalto
Geral
Prefeitura lança 1º campeonato público de Free fire e Clash royale em Campo Grande
Vídeos
'Cai devagarinho até embaixo': Funkeira leva tombo ao dançar em cima de carro
Geral
Corre que ainda da tempo! Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 23,5 milhões hoje
Oportunidade
'Domingo em família' terá 2.128 oportunidades de emprego na Afonso Pena
Geral
Criança tem cabelo cortado em escola e pai entra com processo por discriminação
Geral
Após notícia que Pelé voltou à UTI, filha do craque nega e tranquiliza ‘se recuperando bem’
Entrevista
Agora: Valério Azambuja fala sobre concurso da GCM
Geral
Abandonada por amigos em deserto, brasileira morre de fome e sede
Geral
“Meu filho me sustentava, agora o Thales faz tudo por mim”, diz mãe de Paulo Gustavo

Mais Lidas

Polícia
Homem encontra pênis decepado dentro de pote no jardim da casa da mãe
Saúde
Com 8 meses de vacinação, MS é o 1º Estado a atingir imunidade coletiva
Polícia
Homem encontra o pai morto em avançado estado de decomposição na Vila Carvalho
Brasil
Homem coloca fogo em casa com ex-mulher e filhos dentro