Menu
Busca terça, 20 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Jovem foi atingida por tiro nas costas durante tiroteio

22 fevereiro 2011 - 11h58
Daniele Fernanda Hugo Lima foi vítima de bala perdida do tiroteio ocorrido após um assalto, no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Rui Barbosa, em Campo Grande, por volta das 9h30min desta terça-feira. Ela passava na calçada da avenida quando foi atingida nas costas por um tiro disparado ou pelos bandidos, ou pelo policial civil à paisana que testemunhou o assalto. De acordo com o estudante Sony Henry Munhoz Dias, 20 anos, que fazia panfletagem na via e testemunhou o tiroteio, Daniele reclamou de dor nas costas e em seguida se apoiou na parede. Um rapaz que estava com ela viu o ferimento e a levou para dentro da loja Legal Celulares, onde ficou até ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A loja foi fechada para atendimento da jovem, que já foi transportada para a Santa Casa. “Eu vi na hora que ela só reclamou que tinha algo nas costas e encostou na parede e o amigo dela a arrastou para a loja”. De acordo com Sony, os disparos quase atingiram uma outra jovem que fazia panfletagem. “Eu ouvi os tiros. Ficamos assustados e por pouco não pegou na menina que entregava panfletos”. Assalto- O tiroteio aconteceu após um assalto ocorrido na frente da agência do HSBC. O policial civil que atirou nos bandidos conta que passava pela calçada quando viu um homem com arma de fogo em uma motocicleta YBR abordar outro, que estava com um pasta nas mãos e disse ser gerente da instituição financeira. Em seguida, outro homem pegou a pasta da mão da vítima e a colocou na mochila que carregava nas costas. Os bandidos também renderam um vigia do local para roubar arma, mas como não tinha, desistiram. Eles ainda teriam visto a arma do funcionário público, que ele diz ter escondido debaixo do capacete, e perguntando se o mesmo era policial. Diante da negativa fugiram, mas poucos metros depois atiraram contra o servidor, que revidou. Testemunhas dizem que foram de quatro a cinco tiros, sendo que um deles atingiu Daniele. Nenhum suspeito do assalto foi preso. Movimentação - Policiais civis e militares estiveram no local. A presença de várias viaturas da Polícia e do Samu chamaram atenção. Muitos curiosos se aglomeraram em frente à loja de celulares e quem passava pelo local questionava o que estava acontecendo. Fonte: CG News
Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Adolescente é acusado de estuprar criança com câncer na AACC
Geral
Jornalista Moacir de Castro morre após problemas cardíacos
Geral
Brasileira é homenageada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha
Geral
Motoristas do Urban lotam sede para recadastramento
Geral
Cinemas têm até janeiro para garantir acessibilidade a cegos e surdos
Geral
Lances para leilão do Detran encerram nesta segunda
Geral
Prefeitura convoca 14 médicos e assistentes de educação infantil
Geral
Maior concurso na área da saúde reuniu 17.224 mil candidatos na capital
Geral
Aeroporto opera normalmente sem atrasos e cancelamento nesta manhã
Geral
Hospital Regional do MS será modernizado para melhor atendimentoo

Mais Lidas

Brasil
Vídeo mostra enfermeiro dando tapa na cara de paciente em UPA
Polícia
Ossada de desaparecido há um ano, é encontrada e reconhecida por família
Geral
Motoristas do Urban lotam sede para recadastramento
Polícia
Moradora de Terenos deixa carta de despedida e família procura na capital