Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Mandetta diz que há tráfico de drogas em aviões do Ministério da Saúde

Segundo matéria divulgada no jornal O Globo, a suspeita é de irregularidade em contratos na área de saúde indígena

16 fevereiro 2019 - 09h15Da redação O Globo

Neste sábado (16), o jornal O Globo, divulgou reportagem que aponta denuncias do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. De acordo com o site, o ministro declarou que existem aviões pagos com recursos da pasta que fazem tráfico de drogas e pediu que a Polícia Federal investigue o caso. 

O jornal publicou que a suspeita recai sobre contratos na área de saúde indígena da pasta. Mandetta destacou que a pasta gasta mais de R$ 700 milhões em atividades "meio" na saúde indígena, e ao destacar os recursos destinado a transporte fez a acusação.

 “Os outros R$ 700 e poucos milhões a gente gasta de atividade meio. A gente gasta de avião, de transporte, caminhonete, carros e motoristas. Aviões pagos com recursos do SUS, escrito na lataria "Ministério da Saúde, a serviço do governo federal", com tráfico de drogas dentro. Porque o traficante ganhou a licitação e o SUS é uma excelente maneira de você fazer tráfico”, afirmou o ministro.

Ainda conforme a reportagem, a declaração de Mandetta foi feita no dia 31 de janeiro em reunião do Conselho Nacional de Saúde (CNS), mas só começou a repercutir quando vídeos editados passaram a circular em redes sociais. O ministro destaca os gastos na área, sinalizando a necessidade de revisão das despesas, destacando repasses milionários para uma ONG, que ele não nominou.

“Na saúde indígena, nós gastamos R$ 1,4 bilhão por ano. Eu não tenho problema nenhum. Poderia gastar R$ 3 bi ou R$ 4 bi. Ótimo. Gasto R$ 1,4 bilhão. Desses, eu gasto com as ONGs, que aqui eu vi Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Indígena, são 13 mil pessoas nas ONGs, eu gasto R$ 650 milhões. Uma ONG leva R$ 490 milhões. É lá do meu estado, do município de Dourados” afirmou.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) apresentou na quinta-feira um requerimento de informações à pasta pedindo dados de todos os contratos na área de saúde indígena desde 2003, destacando a fala do ministro sobre o uso de aviões para o tráfico. Ele pediu ainda a lista de todos os passageiros de voos pagos na área.

O ministério da Saúde afirmou que o ministro recebeu denúncias sobre o uso de aviões para o tráfico de drogas. Não foi detalhada a quais empresas específicas o ministro se referia. Ele fez um pedido forma para que a PF apure o caso.

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Dono da Havan insulta manifestantes de Dourados
Geral
TAP honrará bilhetes da Avianca
Geral
Cartórios farão certificação digital
Geral
Nelsinho quer reduzir tarifa do transporte público
Geral
Encontro regional apresenta e-notariado para os tabeliães de MS
Geral
Vídeo - Ajude a encontrar a sanfona do “Tchê Gaúcho”
Geral
Onça-pintada é encontrada morta às margens da BR-262
Geral
"Junho Vermelho" permanece na capital
Geral
Modelo fala que "polícia é comprada" e delegado registra BO
Geral
Vídeo: caminhão boiadeiro tomba no Maria Aparecida Pedrossian

Mais Lidas

Polícia
Em uma hora, pistoleiros matam três pessoas na fronteira
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Brasil
Vídeo – Motorista avança em manifestantes e atropela cinco
Geral
Vídeo - Ajude a encontrar a sanfona do “Tchê Gaúcho”