Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Morre, aos 68 anos, o sanfoneiro Dino Rocha

O músico estava internado há 27 dias no Hospital Regional Rosa Pedrossian

18 fevereiro 2019 - 08h52Da redação

O sanfoneiro Dino Rocha, 68 anos, morreu às 19h do domingo (18), 27 dias após dar entrada no Hospital Regional Rosa Pedrossian, em Campo Grande.

Dino tinha diabetes e no desde o dia 26 de janeiro seguia internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, por complicações da doença. O velório do sanfoneiro está marcado para iniciar às 12h desta segunda-feira (18), no cemitério Memorial Park e o sepultamento está marcado para terça-feira (19), no mesmo local.

Trajetória

Nascido em Juti, em 1949, Dino começou a tocar profissionalmente aos oito anos e dedicou sua carreia, principalmente ao Chamamé. Ao longo de sua carreira, Dino gravou mais de 30 álbuns e foi autor de mais de 50 composições, entre os sucessos, “Gaivota Pantaneira”.

Em 1991, o músico recebeu o prêmio Jacaré de Prata, como melhor instrumentista do Brasil. Atuou, ao lado de Almir Sáter e Sérgio Reis, na novela Pantanal, da extinta TV Manchete.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Avianca cancela 50 voos em Campo Grande
Geral
TRE divulga gabarito do processo seletivo para estagiários de ensino médio
Geral
Mega acumula e poderá pagar R$ 90 milhões na quarta-feira
Geral
Seminário em memória às vítimas de acidente de trabalho acontece nesta segunda, na capital
Geral
Canal eletrônico de ouvidoria da Agepan completa um ano
Geral
Status de área livre de aftosa sem vacinação é oportunidade estratégica para MS
Geral
Páscoa pode ser farta até para quem tem restrições alimentares
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS
Geral
Feriado de Páscoa requer atenção redobrada nas estradas
Geral
Simpósio sobre segurança pública acontece na segunda-feira, na capital

Mais Lidas

Polícia
Casal morre em acidente na MS-164
Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS