Menu
Busca terça, 26 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Geral

Boechat morreu de politraumatismo, aponta laudo do IML

Nos exames não foram encontrados sinais de fuligem na traqueia nem nos pulmões do jornalista

17 fevereiro 2019 - 15h23Da redação

O jornalista Ricardo Boechat morreu em decorrência de politraumatismo causado pela queda do helicóptero e colisão com um caminhão na Rodovia Anhanguera, na última segunda-feira (11), segundo o laudo do Instituto Médico Legal.

Nos exames não foram encontrados sinais de fuligem na traqueia nem nos pulmões do jornalista.

A dosagem de monóxido de carbono detectou uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina no sangue, o que indica que a vítima já havia morrido antes de ser exposta ao gás.

Foram observados sinais de traumatismo torácico e abdominal, caracterizando politraumatismo. O piloto Ronaldo Quattrucci também morreu no acidente. O motorista do caminhão teve ferimentos leves.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
"Plano emergencial de apoio aos estados sai em 30 dias", diz Reinaldo
Geral
Vídeo – Moradores reclamam de queimadas em terrenos no Monte Castelo
Geral
Idoso encontrado em córrego morre na Santa Casa
Geral
Avião tem princípio de incêndio e assusta passageiros
Geral
Motociclista morre após colidir com carreta
Geral
Homem morre após cair de bicicleta na rua
Economia
Produção industrial de MS permanece estável
Geral
Avianca cancela vôos e preserva Campo Grande
Geral
Aeronave cai ao tentar decolar em Nova Andradina
Geral
Detran-MS retoma campanha "Volta às Aulas"

Mais Lidas

Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Polícia
Corpo sem cabeça é encontrado em estado de decomposição
Geral
Motociclista morre após colidir com carreta
Geral
Homem morre após cair de bicicleta na rua