Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Geral

Padre Quevedo morre aos 88 anos

Ele morreu após complicações cardíacas, em Belo Horizonte

09 janeiro 2019 - 14h53Da redação

Oscar Gonzáles Quevedo Bruzan, o Padre Quevedo, morreu por complicações cardíacas sofridas nesta quarta-feira (9), em Belo Horizonte, Minas Gerais.

O padre morreu na Casa Irmão Luciano Brandão, onde são atendidos jesuítas idosos e com problemas de saúde. Ele era atendido no local desde 2012.

A assessoria do local não informou o local do velório, alegando que a cerimônia será restrita a familiares e amigos. O enterro está marcado para quinta-feira (10), às 11h, no Cemitério Bosque da Esperança, região norte da capital mineira.

Padre Quevedo é natural de Madri e naturalizado brasileiro, ele é considerado um dos maiores especialistas do mundo, na área de parapsicologia e autor de dezenas de livros, muitos traduzidos para outras línguas. Quevedo também era formado em filosofia, teologia e humanidades clássicas.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Com resultado final, acadêmicos do Vale Universidade Indígena devem assinar termos
Geral
Motociclista morre ao cair e ser arrastado por 10 metros em Campo Grande
Geral
Covid - morre mais um paciente de MS transferido para SP
Geral
Músico morre esmagado após caminhão invadir preferencial
Geral
Empresário escapa da morte em grave acidente na BR-463
Geral
Autoridades debatem taxa de cartórios
Geral
PMA captura gambá em lixeira de residência e devolve a natureza
Geral
Globo e Drauzio terão que pagar R$ 150 mil ao pai de criança assassinada
Geral
Aos 90, morre "Troncoso"
Geral
Reinaldo defende ampliar vacinação em reunião com governadores

Mais Lidas

Polícia
Mãe confessa que matou bebê de 5 meses afogada, em Campo Grande
Polícia
Bebê de 5 meses foi morta afogada, porque mãe drogada queria tirar 'chip da besta'
Polícia
Bebê de 5 meses morre após suspeitas de violência sexual, em Campo Grande
Polícia
Com câncer em estado avançado, idoso comete suicídio na varanda de casa