Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2019
(67) 99647-9098
governo festa da linguiça
Geral

Prefeitura decreta ponto facultativo na próxima segunda-feira

O ponto facultativo começa dia 4 de março e termina às 13 horas do dia 6

25 fevereiro 2019 - 10h30Rayani Santa Cruz

A Prefeitura de Campo Grande decretou ponto facultativo o expediente dos dias 4, 5 e 6 de março de 2019, sendo que o do dia 6 de março, quarta-feira, será até às 13 horas, quando o expediente voltará ao normal.

O decreto  foi publicado na edição desta segunda-feira (25), no Diário Oficial de Campo Grande – Diogrande. Excetuam-se às regras do decreto os centros regionais 24 horas e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que funcionam normalmente no feriado prolongado.

A capital possui quatro CRS localizados nos bairros Coophavila II, Aero Rancho, Tiradentes, Nova Bahia e seis UPAs nos bairros Leblon, Coronel Antonino, Moreninha II, Universitário, Vila Almeida e Santa Mônica.

O serviço de limpeza da cidade e coleta de lixo domiciliar também serão mantidos neste período.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo - Jogadora de vôlei passa mal e desmaia em entrevista ao vivo
Cidade
Exposição tem capoeira e cultura da inclusão
Geral
ONG fica sem atendimento nesta quarta depois de enchente
Geral
Governo federal sanciona projeto que facilita crédito às empresas
Geral
Dodge participa de posse do procurador-geral Paulo Passos no CNPG
Geral
Seleta receberá metade do salário de Reinaldo, em maio
Geral
Vídeo - “Coelhinho da Páscoa” separa briga e bate em agressor de mulher
Geral
Deputado quer proibir manifestações contra cristãos no estado
Geral
Capital terá mais uma roda-gigante com vista para pontos turísticos
Geral
"Embaixador da Carne" morre depois de complicações cardíacas

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
Geral
Capital terá mais uma roda-gigante com vista para pontos turísticos
Internacional
Reação alérgica a pasta de dente, mata criança de 11 anos
Polícia
Crime de estupro, seguido de suicídio terá investigação concluída após laudo