Menu
Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2024
Secovi - Julho24
Saúde

Secretaria de Saúde reforça combate à aids durante carnaval

Camisinhas serão distribuídas em remessas extras para os municípios de MS

25 fevereiro 2019 - 08h19Assessoria    atualizado em 25/02/2019 às 09h22

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio do Programa Estadual de DST/Aids, irá reforçar a distribuição de material informativo e preservativos para os municípios que promoverem carnaval em Mato Grosso do Sul.

Neste carnaval, além das iniciativas locais das prefeituras, a SES irá reforçar com a distribuição de mais 700 mil preservativos, além da distribuição de rotina aos municípios. Também serão enviadas remessas extras atendendo as necessidades locais de cada município.

A SES distribui, por ano, 12 milhões de camisinhas a todas as unidades de saúde dos 79 municípios do estado. Os preservativos masculinos podem ser retirados em qualquer unidade de saúde, sem restrição de quantidade e sem a necessidade de identificação.

Também será disponibilizado spots de rádio sobre o tema "Aids - Carnaval - Prevenção", de forma que atinja todos os municípios que terão carnaval, bem como painéis de led na capital, com o intuito de informar ao público sobre os riscos do sexo desprotegido.

Em Mato Grosso do Sul, nos últimos dois anos (2017 e 2018) foram notificadas 3.415 pessoas vivendo com HIV/Aids; destas 66,68% são do sexo masculino e 33,32% do sexo feminino, caracterizando que o HIV está presente em todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul e representa risco à saúde da população.

A aids é uma doença grave que mobiliza a SES e as Secretarias Municipais de Saúde no sentido da prevenção e assistência à população. 

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids) é uma doença crônica, causada pelo vírus HIV, que ataca e danifica o sistema imunológico, interferindo na capacidade do organismo lutar contra outras infecções e doenças.

A transmissão do vírus HIV de uma pessoa para outra se dá principalmente por relações sexuais desprotegidas, ou seja, sem o uso de preservativos.

Reportar Erro
Digix - Julho24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ministra da Saúde, Nísia Trindade
Saúde
Ministra da Saúde comemora dados da imunização infantil
Projeto - HMCG
Saúde
Juiz dá 72 horas para prefeitura se manifestar sobre ação que tenta 'barrar' hospital
TJMS lança ferramenta on-line para evitar judicialização na saúde
Saúde
TJMS lança ferramenta on-line para evitar judicialização na saúde
Virus da Febre Oropouche é transmitido por mosquito
Saúde
MS investiga nova suspeita de Febre Oropouche no Estado
Foto: Igor Evangelista/MS
Saúde
Brasil sai da lista dos 20 países com mais crianças não vacinadas
Foto: Divulgação / TJMS
Justiça
Novo aplicativo do TJMS visa reduzir a judicialização de casos relacionados à saúde
Saúde mental vira preocupação de secretaria
Saúde
Secretaria se preocupa com saúde mental de jovens em MS e abre consulta pública
Vacinação acontece em três bairros neste sábado
Saúde
Vacinação acontece em três bairros neste sábado
Vacinação
Saúde
Fim de semana terá vacinação em shoppings e unidades de saúde na Capital
Atualização
Saúde
Mudanças: Anvisa atualiza informações sobre rotulagem nutricional

Mais Lidas

Casa da Mulher Brasileira, a Deam
Polícia
Miojinho? Homem surta após 'g0zAr rápido' durante swing com esposa e amigos no Colúmbia
Próximos dias serão quentes
Clima
Até logo, frio! Temperaturas voltam a subir e Capital deve registrar 30ºC esta semana
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Polícia
JD1TV: Motociclistas são socorrido em estado gravíssimo após acidente em Bandeirantes
Tempo amanheceu bem nublado e frio em Campo Grande
Clima
Frio continua pela manhã e máximas começam a subir em MS