Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 01
Geral

Sérgio Longen, da Fiems, participa da inauguração do Senai de Cuiabá

Sérgio Longen participa da inauguração do Senai de Cuiabá

30 setembro 2018 - 09h13Redação com assessoria

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, participou, na noite de sexta-feira (28), em Cuiabá , Capital de Mato Grosso, da cerimônia de inauguração das obras de ampliação e modernização da unidade do Senai na capital do Mato Grosso. “Para mim, é um prazer prestigiar a entrega desse grande centro de formação profissional. O Brasil precisa de escolas e a presença do ministro da Educação, Rossieli Soares, nessa cerimônia é motivo de satisfação para todo o Sistema Indústria”, declarou.

Sérgio Longen acrescenta que a educação deve ser prioridade para o Brasil e o Senai está fazendo a sua parte. “O meu colega presidente da Fiemt, Jandir Milan, está fazendo a diferença aqui no Mato Grosso do Sul na área de formação profissional para atender as demandas das indústrias mato-grossenses. Com essa inauguração, o Senai do Mato Grosso passa a ter a maior unidade educacional do Brasil e, além de ser uma referência na formação profissional do Estado, é uma referência para todo o Brasil”, pontuou.

Já ministro da Educação, Rossieli Soares, que também participou da inauguração da obra de ampliação e modernização do Senai de Cuiabá, reforça que o ensino profissional de alta qualidade é algo que o Brasil precisa muito. “O Ministério da Educação tem uma grande parceria com o Sistema S, especialmente, com o Senai. Temos muitas vagas de trabalho no Brasil que não são preenchidas por falta de mão de obra qualificada”, lembrou.

Rossieli Soares destaca que o País tem muitas vagas novas que são criadas a todo momento e que exigem uma formação moderna e tecnológica. “A indústria está mudando com a chegada da Indústria 4.0. Até no mercado de trabalho agropecuário a tecnologia já chegou e está cada vez mais inserida, transformando a economia, como é o caso do Mato Grosso e de outros Estados. É fundamental termos espaços como esse que foi entregue aqui em Cuiabá e o MEC está de portas abertas para o estabelecimento de parcerias com o Senai”, garantiu.

“Por mais que construam prédios maravilhosos é o talento dos professores que faz a diferença na vida das pessoas”, disse o ministro da Educação, Rossieli Soares. Para ele, o mundo vive um grande dilema: a Indústria 4.0. “Inúmeras tecnologias surgem a todo momento, enquanto a educação do Brasil está a um ou dois séculos atrasada. O carro não é fabricado da mesma maneira, nem a soja colhida da mesma forma e a educação precisa acompanhar. Está na hora de potencializarmos instituições como estas. Trazer o médio técnico para ser parceiro junto do Sistema S”, pontuou.

A entrega das novas instalações também contou com a presença do vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Antônio Carlos da Silva, que coloca o Senai como peça fundamental na aceleração do fluxo da produção de conhecimentos científicos e tecnológicos. “Sabemos como são grandes os desafios da indústria do Século XXI e esse é um legado imensurável. A educação profissional é fator crítico para a produtividade e competitividade da indústria e é muito bom ver as verbas do Sistema S serem tão bem aplicadas”, disse,

Para o presidente da Fiemt, Jandir Milan, a inauguração da unidade é um marco na história da educação profissional e da indústria mato-grossense. “Esta unidade atenderá 19 municípios e mais de quatro mil indústrias. Estamos entregando uma escola modelo, moderna e tecnológica. Tenho certeza de que daqui sairão os jovens que vão renovar o modelo de produção e alavancar a indústria no Estado. A obra contempla algumas das principais necessidades da Indústria 4.0 em um momento em que as tecnologias digitais ditam o futuro do mercado. Somos a primeira instituição a oferecer cursos como Big Data e Líderes Lean, que são a base para a quarta revolução industrial. Estamos entregando uma escola modelo e tenho certeza de que daqui sairão os jovens que vão renovar o modelo de produção e garantir que nossa indústria se fortaleça cada vez mais”, afirmou.

O novo Senai

Maior escola do Senai no Brasil, a unidade de Cuiabá recebeu um investimento de R$ 59 milhões em infraestrutura e tecnologia de ponta, passando de 16 mil m² para 37 mil m². Além dos ambientes de aprendizagem, a unidade também contempla um auditório com capacidade para até 1.000 pessoas com divisórias deslizantes formando três auditórios de menor porte. A unidade tem capacidade para atender 3.319 estudantes por turno, contendo 78 ambientes de ensino, com 50 salas de aula, sendo cinco delas com mobiliário diferenciado para treinamentos e palestras, além de 26 laboratórios projetados para os cursos de tecnologia da informação, segurança e saúde do trabalho, panificação, confeitaria, processamento de carnes, análise sensorial e laticínios, microbiologia, entre outros.

A unidade foi criada para atender às principais demandas das indústrias de alimentos e bebidas, de tecnologia da informação e têxtil e do vestuário. Serão oferecidos cursos de educação profissional, desde iniciação ao mercado de trabalho e cursos técnicos, até o nível superior, com a Faculdade de Tecnologia do Senai, que contempla oito áreas de graduação e cinco MBAs. A estrutura contará com ambientes projetados para desenvolver a criatividade e o empreendedorismo, áreas de convivência, biblioteca e espaço para leitura. Entre os destaques deste bloco está o Senai Lab, voltado à prototipagem e criação de novas startups, espaço leitura e uma ampla biblioteca, com ambientes de pesquisa e de estudos. Também estão disponíveis salas de aulas com mobiliário executivo para realização de oficinas, seminários e workshops.

A diretora-regional do Senai do Mato Grosso, Lélia Brun, vê a unidade como um grande presente aos 300 anos da capital mato-grossense. “Em um momento em que se clama por educação de qualidade, temos orgulho em ver a missão do Senai sendo cumprida. Estamos muito satisfeitos em proporcionar uma escola de primeiro mundo para os jovens talentosos de nosso estado, para nós o futuro é agora. É a missão de Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais que nos move a construir uma escola como esta, que inspira os jovens a quererem estudar, que estimula e induz a busca pelo conhecimento, que transforma vidas”, afirmou.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Aos 50 anos, vice-presidente do BB passa mal em reunião e morre
Geral
Jovem de 23 anos é multado por incêndio em uma propriedade rural
Geral
Javali rouba sacola e é perseguido por nudista
Geral
Advocacia lamenta morte de Evandro Bandeira
Geral
Vai e vem: Maiara e Fernando escolhem MS para reatar pela 6ª vez
Geral
Paciente com suspeita de Covid-19 foge de hospital após exame
Geral
Casal de jovens morto em acidente tinha pouco mais de um ano de namoro
Geral
Colisão entre moto e caminhonete mata casal na Lúdio Martins Coelho
Geral
Vídeo - Ladrão solta cachorros, invade casa, mas foge ao ver morador
Geral
Morre advogado Evandro Bandeira

Mais Lidas

Polícia
Homem é assassinado a facadas e pauladas próximo a Reserva Indígena
Clima
Campo-grandenses poderão aproveitar sol e céu claro neste sábado
Cidade
“Fôlego para o setor”, diz Paulo Corrêa sobre resposta que beneficia transporte rural
Brasil
Mega sorteia R$ 6,5 milhões neste sábado