Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 99647-9098
Perkal Topo - janeiro-20
Geral

Sérgio Longen, da Fiems, participa da inauguração do Senai de Cuiabá

Sérgio Longen participa da inauguração do Senai de Cuiabá

30 setembro 2018 - 09h13Redação com assessoria

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, participou, na noite de sexta-feira (28), em Cuiabá , Capital de Mato Grosso, da cerimônia de inauguração das obras de ampliação e modernização da unidade do Senai na capital do Mato Grosso. “Para mim, é um prazer prestigiar a entrega desse grande centro de formação profissional. O Brasil precisa de escolas e a presença do ministro da Educação, Rossieli Soares, nessa cerimônia é motivo de satisfação para todo o Sistema Indústria”, declarou.

Sérgio Longen acrescenta que a educação deve ser prioridade para o Brasil e o Senai está fazendo a sua parte. “O meu colega presidente da Fiemt, Jandir Milan, está fazendo a diferença aqui no Mato Grosso do Sul na área de formação profissional para atender as demandas das indústrias mato-grossenses. Com essa inauguração, o Senai do Mato Grosso passa a ter a maior unidade educacional do Brasil e, além de ser uma referência na formação profissional do Estado, é uma referência para todo o Brasil”, pontuou.

Já ministro da Educação, Rossieli Soares, que também participou da inauguração da obra de ampliação e modernização do Senai de Cuiabá, reforça que o ensino profissional de alta qualidade é algo que o Brasil precisa muito. “O Ministério da Educação tem uma grande parceria com o Sistema S, especialmente, com o Senai. Temos muitas vagas de trabalho no Brasil que não são preenchidas por falta de mão de obra qualificada”, lembrou.

Rossieli Soares destaca que o País tem muitas vagas novas que são criadas a todo momento e que exigem uma formação moderna e tecnológica. “A indústria está mudando com a chegada da Indústria 4.0. Até no mercado de trabalho agropecuário a tecnologia já chegou e está cada vez mais inserida, transformando a economia, como é o caso do Mato Grosso e de outros Estados. É fundamental termos espaços como esse que foi entregue aqui em Cuiabá e o MEC está de portas abertas para o estabelecimento de parcerias com o Senai”, garantiu.

“Por mais que construam prédios maravilhosos é o talento dos professores que faz a diferença na vida das pessoas”, disse o ministro da Educação, Rossieli Soares. Para ele, o mundo vive um grande dilema: a Indústria 4.0. “Inúmeras tecnologias surgem a todo momento, enquanto a educação do Brasil está a um ou dois séculos atrasada. O carro não é fabricado da mesma maneira, nem a soja colhida da mesma forma e a educação precisa acompanhar. Está na hora de potencializarmos instituições como estas. Trazer o médio técnico para ser parceiro junto do Sistema S”, pontuou.

A entrega das novas instalações também contou com a presença do vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Antônio Carlos da Silva, que coloca o Senai como peça fundamental na aceleração do fluxo da produção de conhecimentos científicos e tecnológicos. “Sabemos como são grandes os desafios da indústria do Século XXI e esse é um legado imensurável. A educação profissional é fator crítico para a produtividade e competitividade da indústria e é muito bom ver as verbas do Sistema S serem tão bem aplicadas”, disse,

Para o presidente da Fiemt, Jandir Milan, a inauguração da unidade é um marco na história da educação profissional e da indústria mato-grossense. “Esta unidade atenderá 19 municípios e mais de quatro mil indústrias. Estamos entregando uma escola modelo, moderna e tecnológica. Tenho certeza de que daqui sairão os jovens que vão renovar o modelo de produção e alavancar a indústria no Estado. A obra contempla algumas das principais necessidades da Indústria 4.0 em um momento em que as tecnologias digitais ditam o futuro do mercado. Somos a primeira instituição a oferecer cursos como Big Data e Líderes Lean, que são a base para a quarta revolução industrial. Estamos entregando uma escola modelo e tenho certeza de que daqui sairão os jovens que vão renovar o modelo de produção e garantir que nossa indústria se fortaleça cada vez mais”, afirmou.

O novo Senai

Maior escola do Senai no Brasil, a unidade de Cuiabá recebeu um investimento de R$ 59 milhões em infraestrutura e tecnologia de ponta, passando de 16 mil m² para 37 mil m². Além dos ambientes de aprendizagem, a unidade também contempla um auditório com capacidade para até 1.000 pessoas com divisórias deslizantes formando três auditórios de menor porte. A unidade tem capacidade para atender 3.319 estudantes por turno, contendo 78 ambientes de ensino, com 50 salas de aula, sendo cinco delas com mobiliário diferenciado para treinamentos e palestras, além de 26 laboratórios projetados para os cursos de tecnologia da informação, segurança e saúde do trabalho, panificação, confeitaria, processamento de carnes, análise sensorial e laticínios, microbiologia, entre outros.

A unidade foi criada para atender às principais demandas das indústrias de alimentos e bebidas, de tecnologia da informação e têxtil e do vestuário. Serão oferecidos cursos de educação profissional, desde iniciação ao mercado de trabalho e cursos técnicos, até o nível superior, com a Faculdade de Tecnologia do Senai, que contempla oito áreas de graduação e cinco MBAs. A estrutura contará com ambientes projetados para desenvolver a criatividade e o empreendedorismo, áreas de convivência, biblioteca e espaço para leitura. Entre os destaques deste bloco está o Senai Lab, voltado à prototipagem e criação de novas startups, espaço leitura e uma ampla biblioteca, com ambientes de pesquisa e de estudos. Também estão disponíveis salas de aulas com mobiliário executivo para realização de oficinas, seminários e workshops.

A diretora-regional do Senai do Mato Grosso, Lélia Brun, vê a unidade como um grande presente aos 300 anos da capital mato-grossense. “Em um momento em que se clama por educação de qualidade, temos orgulho em ver a missão do Senai sendo cumprida. Estamos muito satisfeitos em proporcionar uma escola de primeiro mundo para os jovens talentosos de nosso estado, para nós o futuro é agora. É a missão de Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais que nos move a construir uma escola como esta, que inspira os jovens a quererem estudar, que estimula e induz a busca pelo conhecimento, que transforma vidas”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Energisa abre exposição de energia elétrica no Pátio Central
Geral
Vídeo - Motociclista toma “banho de merda” na Ernesto Geisel
Geral
PMA captura sucuri de 7 metros em central hidrelétrica
Geral
"Amor não escolhe", diz Eduardo Costa sobre relações com menores
Geral
Com chuvas intensas, Rio Aquidauana está quase em nível de alerta
Geral
Homem morre 13 dias após ingerir veneno
Geral
Sedhast abre inscrição para capacitar novos conselheiros tutelares
Geral
CCZ anuncia primeira feira de adoções de pets de 2020
Geral
Vivo lidera número de reclamações entre serviços de telefonia
Geral
Mega Sena de Verão deve sortear R$35 milhões

Mais Lidas

Saúde
Fumacê contra a dengue começa a passar por bairros da Capital
Geral
Energisa abre exposição de energia elétrica no Pátio Central
Polícia
'Operação Laburu' tem 1ª ação no antigo terminal rodoviário da capital
Geral
Vídeo - Motociclista toma “banho de merda” na Ernesto Geisel