Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
IPVA Grande
Geral

Procon e Vigilância Sanitária interditam indústria de alimentos na capital

14 junho 2018 - 13h57Da redação com assessoria

A Subsecretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) e a Vigilância Sanitária Municipal, por meio do serviço de fiscalização de alimentos, deflagrou na manhã desta quinta-feira (14), uma operação que resultou na interdição da indústria de alimentos Siloé.

De acordo com o subsecretário municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, Valdir Custódio, a vistoria foi feita após denúncia de uma consumidora, que comprou um açúcar da marca, que continha muita sujidade, pedras, arroz e umidade.

“Como o produto estava lacrado ela ligou reclamando da indústria. Fizemos um levantamento preliminar e foi verificado que a empresa funcionava em condições que aparentavam ser clandestinas”, conta Valdir Custódio.

Diante disso, o Procon e a Vigilância Sanitária foram ao local para fazer a vistoria. Lá, observaram que o estabelecimento não tinha licença para envasamento de alimentos, que as condições sanitárias que desenvolvia as atividades eram totalmente precárias, ou seja, eram insalubres, o que faz com que o alimento se torne impróprio ao consumo humano.

Constatadas as irregularidades, a indústria foi interditada e toda a mercadoria foi apreendida. A Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon) também foi ao local e prendeu o empresário em flagrante por oferecer produto à venda impróprio ao consumo humano.

Para o secretário, a importância desta e de outras ações feitas pelo órgão é a participação da população, que vem denunciando e auxiliando os órgãos competentes na fiscalização.

“A participação ativa da população é fundamental para que nosso trabalho se concretize. Nossas ações têm tido sucesso graças ao auxílio das pessoas que têm nos procurado e apontado os crimes contra o consumidor”, finaliza Valdir.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Pais devem verificar "abusos" em lista de materiais escolares, diz Procon
Geral
Porta voz de Bolsonaro foi comandante de regimento em MS
Geral
“Não compensa”, diz sindicalista sobre tempo integral no governo
Geral
Cachorro tem boca "selada" com fita adesiva, em Rio Brilhante
Geral
Abelhas matam idosa de 81 anos
Geral
Serviços do Detran estão fora do ar nesta segunda
Geral
Sargento morre após helicóptero da PM cair durante patrulha
Geral
Alvará ambiental para bares da capital é tema de discussão
Geral
Bolsonaro comemora prisão de Battisti e diz que “Justiça será feita”
Geral
Mega acumula e pode pagar R$ 25 mi na terça-feira

Mais Lidas

Polícia
Após corte de energia em “região proibida”, dois funcionários são executados
Polícia
Suspeito de matar merendeira já foi preso por morder genitália de vizinha
Geral
“Não compensa”, diz sindicalista sobre tempo integral no governo
Cidade
Motorista de ônibus morre em acidente na BR-163