Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Geral

Procon flagra venda de produtos vencidos no Fort Atacadista

Alguns produtos encontrados estavam impróprios para consumo desde dezembro

10 janeiro 2019 - 09h36Da Redação

Unidade de uma das maiores redes de vendas no atacado de Campo Grande, o Fort Atacadista,  situada na rua  São Borja, Vila Rica, foi autuada na terça-feira (8) por equipe de fiscalização da Superintendência  para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon - MS), órgão  vinculado à Secretaria de Estado de  Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), por cometer várias irregularidades que poderiam causar prejuízos ao consumidor.

Entre elas estão a exposição para venda de produtos com prazo de  validade  expirado, alguns deles desde  dezembro passado, além de ter produtos expostos que, apesar de  ainda estarem em período de validade, apresentavam condições impróprias ao consumo. Em vista disso, foi lavrado auto de infração tendo sido os produtos descartados na presença de representantes da unidade comercial devendo ser arbitrada multa devido aos problemas registrados.

Entre os itens descartados, por término de validade de prazo, vale destacar 80 pacotes entre cookies e mini cookies, 26 embalagens de pães (de forma tradicional, integral e para hamburguer), oito embalagens contendo 96 unidades de iogurte, 12 bandejas de queijo prato pesando aproximadamente 150 gramas cada além de sete embalagens de linguiça bovina com aproximadamente um quilo cada.

Já entre os produtos expostos à venda mas impróprios ao consumo, mesmo dentro do prazo de validade, foram encontrados 21 pacotes de pães de forma entre tradicional, especial e integral com 400 gramas cada. Outra irregularidade constatada foi a presença de produtos que não dispunham de procedência, prazo de validade ou outra informação que pudesse orientar o consumidor.

“Os produtos expostos a venda com prazo vencido podem ser nocivos à saúde do consumidor. Por isso, alertamos às pessoas que, ao adquirir qualquer item em supermercados ou loja atacadista estejam atentas às informações expostas nas embalagens. É importante adquirir, sempre, produtos dentro do prazo de validade. Lembramos, também, que a validade não se limita ao prazo de exposição para venda, mas se estende ao tempo que ficará armazenado em casa”, alerta o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão.

Ao JD1 Notícias, a assessoria do estabelecimento informou que a reposição dos produtos expostos e o controle de datas dos itens são feitos pelo pelos promotores de merchandising das indústrias, com a supervisão do atacadista. “Reiteramos que estamos tomando as devidas providências junto à essas indústrias para que isso não aconteça novamente. O Fort Atacadista ressalta seu compromisso de sempre oferecer produtos de qualidade e em boas condições de consumo aos clientes”, respondeu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
JD1TV: Homofobia é crime! Jovens são vítimas de ataques dentro de ônibus na capital
Geral
Buh! História da "boneca da Xuxa assassina" assusta as pessoas até hoje
Geral
Grave acidente na BR-262 deixa motorista morto
Geral
Prefeito solicita em Brasília, recursos para infraestrutura da Capital
Geral
Novo trecho é interditado para obras no Parque dos Poderes
Geral
Pesca amadora vai até dia 5 de novembro nos rios de Mato Grosso do Sul
Geral
Marquinhos fará reunião para decidir uso de máscaras
Geral
Solidariedade: CUFA-MS pede ajuda para famílias desabrigadas pelos temporais recentes
Geral
Jovem desaparecido é encontrado e mãe diz ser “situação com drogas”
Geral
Trabalhador tem parte do corpo soterrado durante obra

Mais Lidas

Brasil
Crianças de 2 e 4 anos morrem carbonizadas; irmão de 16 anos assumiu o crime
Polícia
Homem de 31 anos morre após se engasgar com pedaço de carne
Saúde
“Aqui não é lanchonete”, diz médica a paciente em hospital da Capital
Brasil
Crime manda baixar gasolina