Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 99647-9098
Geral

Procon previne consumidores sobre risco de dados do Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo Compulsório dará as informações sobre o histórico financeiro dos consumidores fornecidas automaticamente à empresas de crédito

10 julho 2019 - 10h52Sarah Chaves, com informações da assessoria

A Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon), alerta os consumidores sobre os riscos de ter os dados disponibilizados de forma compulsória no Cadastro Positivo, que é um projeto que entrou em vigor essa semana ,o cadastro dará as informações sobre o histórico financeiro dos consumidores fornecidas automaticamente à empresas de crédito como Serasa e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Uma vez que a lei não define um gestor único do cadastro, o que pode comprometer a segurança dos dados pessoais dos consumidores.

O cadastro foi instituído pela Lei Complementar 166, de abril deste ano. Esses dados serão utilizados como critérios para fixação de notas de crédito a cada consumidor e servirão como referência na tomada de empréstimos e realização de crediários, entre outras operações. O cadastro positivo já existe no país, mas a inclusão na lista dependia da autorização prévia do consumidor. De acordo com a lei, serão avaliados os “dados financeiros e de pagamentos, relativos a operações de crédito e obrigações de pagamento adimplidas ou em andamento”.

Dados do Cadastro

Por meio do Cadastro Positivo Compulsório, será possível saber o quanto uma pessoa atrasou pagamentos de contas ou de cartão de crédito, que dívidas ela possui, com que empresas e sua capacidade financeira de arcar com compromissos adquiridos. Podem, inclusive, ser consideradas informações de desempenho também dos familiares de primeiro grau.

Informações que não estiverem vinculadas à análise de risco de crédito e aquelas relacionadas à origem social e étnica, à saúde, à informação genética, ao sexo e às convicções políticas, religiosas e filosóficas foram vetadas.

Essas notas ou score, que em inglês significa pontuação (que varia de 0 a 1000 pontos), podem ser utilizadas por empresas e instituições financeiras.

Não cadastrados

Quem não quiser ter os dados incluídos no cadastro positivo podem solicitar a retirada, o pedido deve ser feito aos bureaus de crédito, como Serasa, SPC e Boa Vista Serviços.

Todo consumidor que se sentir prejudicado deve procurar seus direitos, as informações estão disponíveis no telefone 151, o aplicativo “fale conosco” do site www.procon.ms.gov.br e, agora, um número (9 9158 0088) para WhatsApp, liberado para contatos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Energisa negociará contas com um dia de atraso
Geral
Carreata contra Marquinhos encolhe
Geral
Campanha da OAB levará doações à famílias afetadas pela pandemia
Geral
Ministério Púbico pede providências de fiscalização em carreatas no MS
Geral
Primeira vítima fatal de coronavírus em MS é uma idosa
Geral
Cachorro é resgatado após passar a noite preso em fossa
Geral
Defensoria de MS alerta para casos de violência contra a mulher na quarentena
Geral
Moro autoriza uso da Força Nacional para apoiar Ministério da Saúde
Geral
Velório de Kiko Cangussu será as 15h30
Geral
Mandetta lamenta morte de blogueiro

Mais Lidas

Geral
Energisa negociará contas com um dia de atraso
Política
‘TJMS suspende manifestações em Campo Grande’ diz Marquinhos
Política
PC do B terá candidato a prefeito em Antônio João
Educação
Inep publica cronograma de inscrições, requerimentos e provas do Enem