Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo coronavirus 03
Geral

Trecho da rua Ceará fica interditado das 7h às 16h

04 fevereiro 2011 - 10h13
Segundo informações da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) a Rua Ceará em Campo Grande, no trecho entre a rua Joaquim Murtinho e a avenida Ricardo Brandão, ficará interditado nesta sexta-feira (4), das 7h às 16h. A via deverá receber serviço de recapeamento. Para os motoristas que utilizam esta via, a opção viária passa a ser as ruas 15 de Novembro, Nova Era e Joaquim Murtinho. Segundo o supervisor de fiscalização da Agetran, Jeová Vitor, o objetivo esta sexta-feira é fazer o recapeamento da rua Etelvina Machado, a “alça” que dá acesso a avenida Ricardo Brandão. Ainda segundo o supervisor serão recapeados também o trecho da obra de captação de águas pluviais no local. No sábado (05), no período das 7h às 16h, a Agetran irá interditar o trecho da rua Ceará, sentido avenida Mato Grosso (Sul - Norte), entre a rua Joaquim Murtinho e avenida Ricardo Brandão para recapeamento. Fonte: Midia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Geral
Licenciamento de veículos pode ser emitido online
Geral
Blogueira de MS afirma estar com Covid-19 e faz “recebidos” de vitaminas
Geral
Após ser picado por naja, Pedro recebe alta e deve depor na terça
Geral
Caixa paga 1ª parcela do auxílio emergencial para aprovados em junho
Geral
Procon-MS encontra raio-X a R$ 11 em clínica e a R$ 110 na Ultramedical
Geral
Jovem morre após ser arremessada de veículo durante acidente
Geral
Bloqueio na Bolívia continua e fila de caminhões aumenta na Bioceânica
Geral
Emponderamento que chama? Mulher soca homem que a chamou de delícia
Geral
Mega-Sena não tem ganhador e acumula em R$ 44 milhões

Mais Lidas

Brasil
“Bêbada de Curitiba” morre após luta contra o câncer
Brasil
Famoso por velar a mãe sozinho, José morre queimado
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Polícia
MP é contrário a liberdade de jovem que matou namorada em acidente