Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 01
Internacional

Base Aérea Naval é fechada devido a ataque de atirador

Duas pessoas morreram

06 dezembro 2019 - 14h44Vitória Ribeiro, com informações R7

Durante tiroteio na Base Aérea Militar de Pensacola, na Flórida (EUA), duas pessoas morreram e várias ficaram feridas. Um dos mortos é o atirador, conforme autoridades. A base militar foi fechada devido ao tiroteio.

De acordo com a rede de TV CNN, há vários feridos, mas o número total não foi confirmado. Um hospital da região confirmou ter recebido cinco pessoas feridas no incidente. No Facebook, a direção da Base Aérea Naval de Pensacola alertou que "os dois portões da base estão fechados devido à presença de um atirador".

Testemunhas disseram à mídia local que ambulâncias foram despachadas e estão chegando a hospitais da região. O tiroteio ocorre dois dias depois de uma situação semelhante ocorrer na base naval de Pearl Harbor, no Havaí. Um marinheiro atirou contra funcionários civis da base, deixando dois mortos. O atirador cometeu suicídio em seguida.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Vídeo - Avião cai com quase 200 pessoas a bordo na Índia
Internacional
Funcionários do porto de Beirute são detidos por explosões
Internacional
Beirute: Número de mortos chega a 137; 300 mil estão desabrigados
Internacional
Vídeo - Incêndio destrói mercado nos Emirados Árabes
Internacional
Vídeo: Ensaio fotográfico de noiva é interrompido por explosão em Beirute
Internacional
Vídeo: Homem é resgatado com vida após ficar 16 horas sob escombros, em Beirute
Internacional
Beirute: Com cerca de 100 mortos, hospitais enfrentam superlotação
Internacional
Área de explosão tinha galpões com produto químico, diz Governo Libanês
Internacional
Sobe para 50 número de mortos por explosão em Beirute
Internacional
Vídeo - Explosão e pânico em Beirute

Mais Lidas

Política
Eleição para vereador é enigma na pandemia
Geral
Aos 50 anos, vice-presidente do BB passa mal em reunião e morre
Política
"Nunca procurou a gente para conversar", diz Marquinhos sobre a Defensoria Pública
Justiça
“Se não contermos a pandemia, colapso na Saúde é invitável”, diz defensor-geral de MS