Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS outubro21
Justiça

PEC 05/2021: proposta pode atrapalhar combate à corrupção, segundo membros do MP

Tema foi discutido na tarde de hoje em ato público

13 outubro 2021 - 17h16Méri Oliveira

Foi realizado na tarde de hoje (13), em Campo Grande, um ato público contra a PEC 05/2021, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, na sede do Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul, com a participação de membros e servidores do Ministério Público Federal (MPF); Ministério Público de MS (MPMS); e Ministério Público do Trabalho (MPT).

A proposta de Emenda Constitucional, de autoria do deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), altera a composição do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), e, segundo representantes do MPMS, MPF e MPT, pode interferir em ações do MP de maneira geral, já que prevê, também, a nomeação de conselheiros que não façam parte da carreira jurídica e, até, políticos para os cargos.

O que causa a insatisfação dos membros do MPE; MPF e MPT é o fato de que a proposta dá ao CNMP, também, poderes para rever ou desconstruir atos praticados pelos procuradores e promotores em procedimentos administrativos e processos judiciais, o que enfraqueceria a atuação do MP e o combate à corrupção. Para o Procurador-geral de MS, Alexandre Magno Lacerda, "a PEC visa, mais do que qualquer outra coisa, retaliar o MP por ações contra a corrupção, tirando do Ministério Público o poder que tem hoje". 

Fala que é seguida em consonância pelo deputado federal Dagoberto Nogueira, que também participou do ato. "Eu sinto que no Congresso há uma retaliação por parte da classe política em função das ações que o MP tem tido. [...] O propósito da PEC é exatamente enfraquecer, coibir o combate à corrupção, o Ministério Público... o único intuito é tirar o poder do MP", conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Integração fronteiriça é promovida por juízas de MS com países vizinhos
Justiça
Ministro Barroso volta a defender regulamentação de redes sociais
Justiça
Preso por violência doméstica, DJ Ivis recebe habeas corpus e vai sair da prisão
Justiça
CNJ destaca trabalho do Tribunal de Justiça de MS
Justiça
Ex-sargento da PM é julgado por matar tenente aposentado da PM em 2017
Justiça
TSE confirma ilegalidade de gravações feitas em ambientes privados
Justiça
Decisão do STF torna gratuito o acesso a Justiça do Trabalho
Justiça
STF derruba artigos da reforma trabalhista que restringiam gratuidade
Justiça
TJMS inocenta Osmar Jeronymo
Política
Assembleia aprova homenagem a profissionais de saúde

Mais Lidas

Internacional
Mulher mata marido a machadadas após o flagrar estuprando sua filha de 5 anos
Vídeos
JD1TV: Corna vai tirar satisfação com amante do marido e 'pau come' solto
Polícia
Em uma noite, polícia atende três ocorrência envolvendo suicídio
Geral
JD1TV: Funcionário do Carrefour de Campo Grande é humilhado por gerente