Menu
Busca sexta, 22 de março de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Defesa recorre ao STF para pedir liberdade de João de Deus

O STJ negou seguimento de HC, argumentando “supressão de instâncias”

20 dezembro 2018 - 16h53Da redação com informações da Agência Brasil

A defesa do médium João de Deus entrou com um pedido de liberdade no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele está preso preventivamente desde o último domingo (16), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Ele é suspeito da prática de abuso sexual.

O habeas corpus foi sorteado para relatoria do ministro Gilmar Mendes, mas devido ao recesso do Judiciário, iniciado às 15h de quarta-feira (19), o processo foi encaminhado para o gabinete do presidente do STF, ministro Dias Toffoli, responsável pelo plantão.

Na quarta-feira (19), o ministro Nefi Cordeiro, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou seguimento a um habeas corpus impetrado pelo advogado Alberto Toron, que representa o médium. O magistrado negou seguimento ao HC, argumentando “supressão de instâncias”, uma vez que um pedido de liberdade ainda está pendente de julgamento na primeira instância.

A prisão preventiva foi decretada pela Justiça de Goiás com base em 15 denúncias já formalizadas em Goiânia, todas por crimes sexuais. O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) negou uma liminar para soltar o médium, mas ainda não julgou o mérito do habeas corpus impetrado na primeira instância.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Homem terá que pagar R$ 120 mil por transmitir HIV para ex-mulher
Justiça
STJ revoga prisão de André
Justiça
Em cinco anos, 155 pessoas foram condenadas na Lava Jato
Justiça
Justiça Eleitoral pode julgar crime comum, decide STF
Justiça
CNJ convoca juiz Albino Neto para auxiliar em projeto
Justiça
"Taxista de vovó" vai responder por homicídio duplamente qualificado
Justiça
Raul Freixes é preso, passa mal e vai parar em UPA
Justiça
Justiça recua e suspende despejo de índios invasores
Justiça
Caso Marielly pode ter reviravolta, revela advogado
Justiça
Advogado é condenado a pagar R$ 10 mil a ex-cliente

Mais Lidas

Geral
Veja como se cadastrar para concorrer a sorteio de casas da Agehab
Polícia
Morre borracheiro que levou tiros nas costas, braço e rosto
Polícia
Mãe e pai são assassinados na frente dos filhos
Polícia
Homem leva tiros nas costas, braço e rosto em MS