Menu
Busca quarta, 13 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Governo - Festival America do Sul
Justiça

Em nota, Odilon diz que TRF-3 está “apenas verificando a regularidade”

O juiz aposentado se pronunciou após procedimento que vai apurar sua conduta

01 novembro 2019 - 11h00Joilson Francelino

Depois de ter sido alvo de decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) que, por 16 votos a 2, abriu o Processo Administrativo Disciplinar (PAD), o juiz aposentado Odilon de Oliveira emitiu uma nota esclarecendo os pontos do processo.

Odilon é alvo de mais um PAD que, desta vez, vai apurar sua conduta quando era titular da  3ª Vara Federal Criminal da Subseção de Campo Grande. Na nota, o ex-candidato a governador de Mato Grosso do Sul transparece tranqüilidade em relação ao procedimento e finaliza que “tem a consciência do dever cumprido”.

Leia na íntegra:

“A imprensa está abordando matérias já superadas, ultrapassadas, vencidas. O que no Tribunal Federal existe é um procedimento cuidando de verificar a regularidade ou não na doação de bens e valores a entidades caritativas, como o Hospital São Julião, que, desde 1.941, trata pacientes com hanseníase, e o Hospital Nosso Lar, que, desde a década de 1.930, interna e trata pessoas com doenças mentais graves, além de cessão de veículos a órgãos públicos, como a polícia federal.

O outro ponto remanescente se refere ao fato de um servidor conhecer o número de uma senha funcional do juiz. Só isto, e nada de desonestidade. As questões iniciais, a exemplo da que a imprensa cita, foram sendo depuradas e descartadas, em favor do juiz, restando essas duas que narrei. Zelando pela transparência, o Tribunal Regional Federal tem o dever de apurar qualquer reclamação ou notícia em relação a qualquer  magistrado. E isto só é possível através de processo administrativo, pois vivemos numa democracia.

O que menos me incomoda na vida é essa atitude por parte do Tribunal e o que mais me pacifica a alma é a consciência do dever cumprido, em relação ao povo de Mato Grosso do Sul e ao Brasil.

Odilon de Oliveira.”

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
STF suspende uso da Taxa Referencial
Justiça
STJ confirma decisão do TJ-MS, em ação de 39 anos
Justiça
Desembargador Ruy Celso mantém milicianos presos
Justiça
Crianças terão espaço especial para testemunhar em tribunais
Justiça
Slimes com bórax é proibido no MS
Justiça
Defesa quer que Name Filho volte para a capital
Justiça
MPMS denuncia suspeitos de assassinar servidora com barra de ferro
Justiça
CCJ aprova PEC que torna feminicídio crime imprescritível
Justiça
Por 16 x 2, TRF-3 abre novo procedimento contra Odilon
Justiça
TJMS - Pedidos dos processos de execução penal devem ser feitos por e-mail

Mais Lidas

Polícia
Homem morre após ser prensado por rolo compactador
Polícia
Idoso é preso após passar a mão nas partes íntimas de diarista
Polícia
Homem tem 80% do corpo queimado e morre a caminho do hospital
Brasil
Pesquisa revela que 84.20% são a favor da CPI da Energisa