Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
IPVA Grande
Justiça

João de Deus vira réu por estupro e violência sexual

Mesmo em segredo de Justiça, o acusado vira réu no processo que trata de quatro supostas vítimas do médium

09 janeiro 2019 - 17h16Da redação com Agência Brasil

A justiça de Abadiânia (GO) aceitou nesta quarta-feira (9) a denúncia apresentada pelo Ministério Público contra João Teixeira de Farias.

A denuncia foi aceita pela juíza Rosângela Rodrigues dos Santos e João de Deus responderá pelos crimes de estupro de vulnerável e violência sexual.

A decisão está em segredo de Justiça, mas o acusado vira réu no processo que trata de quatro supostas vítimas do médium.

O médium está preso desde 16 de dezembro sob a acusação de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável, crime que teria sido praticado contra centenas de mulheres.

Ministério Público de Goiás recebeu mais de 330 denúncias de abuso sexual contra João de Deus de diversos estados brasileiros e do Distrito Federal.

De acordo com as denúncias, ele teria abusado sexualmente de mulheres durante atendimentos individuais. Advogado Alberto Toron, representante de João de Deus, disse que ainda não foi notificado da decisão, mas que confia na Justiça.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça aceita denúncia de estupro de vulnerável contra João de Deus
Justiça
PF pede 90 dias para dizer quem pagou defesa de Adélio
Justiça
Promotoria apresenta segunda denúncia contra João de Deus
Justiça
Decisão do STF não contempla fábrica de fertilizantes de MS
Justiça
Ministério Público Estadual será fiscalizado pela Corregedoria do CNMP
Justiça
Justiça determina que ex-secretário de Délia retorne à prisão
Justiça
“Morte de Marielle está ligada a milícias”, reforça procurador-geral
Justiça
Justiça Itinerante da capital retorna aos atendimentos na segunda
Justiça
Justiça determina a retomada de concurso da Polícia Civil
Justiça
MPF pede condenação de Rodrigo da Rocha Loures

Mais Lidas

Polícia
Vídeo: dois são executados no bairro Tiradentes
Polícia
Vídeo - Assassino confesso, fala sobre detalhes do crime e se diz "arrependido"
Política
"Nova política" do PSL privilegia sócio e esposa
Polícia
Corpo é encontrado dentro de bueiro