Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 99647-9098
Governo - Festival America do Sul
Justiça

Jovem que causou acidente com morte de idosos vai a júri popular

O casal de idosos morreu na hora depois de colisão no centro de Campo Grande

02 agosto 2019 - 10h16Joilson Francelino

Saulo Lucas Barbosa Vieira, 27 anos, acusado da morte de um casal de idosos em acidente de trânsito no centro de Campo Grande vai a júri popular nesta sexta-feira (2), pela 2ª Vara do Tribunal do Juri.

O réu será levado a júri popular por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel e recurso que dificultou a defesa das vítimas.

O fato ocorreu no dia 15 de junho de 2018, na rua Marechal Cândido Rondon, por volta das 5 horas. Saulo estava dirigindo sob efeito de álcool e na contramão da direção. Luiz Vicente da Cruz e Aparecida de Souza da Cruz que seguiam na direção certa, tiveram o carro atingido pelo veículo que era conduzido por Saulo, em alta velocidade.

Com o impacto, o casal de idosos morreu na hora. Saulo foi encaminhado para a Santa Casa. Para o Ministério Público, o crime teria ocorrido com as qualificadoras de motivo torpe, perigo comum e recurso que dificultou a defesa das vítimas. Já a defesa sustenta que não está provada a condição de crime doloso contra a vida, e sim homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

O acusado foi preso preventivamente no dia 18 de junho e a denúncia recebida no dia 5 de julho. Passados apenas quatro meses do acidente, o juiz Aluízio Pereira dos Santos proferiu a sentença de pronúncia, determinando que o réu fosse julgado em dezembro do ano passado. No entanto, houve recurso da defesa e o júri foi adiado. Em abril deste ano o TJ negou provimento ao recurso, mantendo a decisão de 1º grau.

O réu responde ao processo preso preventivamente.

Athus Ingles

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Denúncias anônimas podem estabelecer procedimentos administrativos no MP
Justiça
STF suspende uso da Taxa Referencial
Justiça
STJ confirma decisão do TJ-MS, em ação de 39 anos
Justiça
Desembargador Ruy Celso mantém milicianos presos
Justiça
Crianças terão espaço especial para testemunhar em tribunais
Justiça
Slimes com bórax é proibido no MS
Justiça
Defesa quer que Name Filho volte para a capital
Justiça
MPMS denuncia suspeitos de assassinar servidora com barra de ferro
Justiça
Em nota, Odilon diz que TRF-3 está “apenas verificando a regularidade”
Justiça
CCJ aprova PEC que torna feminicídio crime imprescritível

Mais Lidas

Polícia
Corpo cheio de fezes é encontrado em casa abandonada
Polícia
Capataz mata gerente durante briga em fazenda
Justiça
Denúncias anônimas podem estabelecer procedimentos administrativos no MP
Brasil
Doença de filho de Leonardo é incurável e causa dores intensas