Menu
Busca domingo, 21 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Justiça aceita denúncia de estupro de vulnerável contra João de Deus

Advogados negam as acusações; médium continua preso

16 janeiro 2019 - 19h14Da redação com Agência Brasil

Nova denúncia apresentada pelo Ministério Público contra o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, é aceita pela Juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da Justiça de Abadiânia (GO).

Desta vez foi pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual. Com a decisão, João de Deus passa à condição de réu em dois processos criminais.

Proposta na terça-feira  (15) pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) a denúncia foi aceita pela magistrada. De acordo com o MP, 13 casos de crimes sexuais ocorreram entre o início de 1990 e meados de 2018.

As vítimas são do Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. Uma das mulheres que afirma ser vítima diz ter sofrido abuso em dois diferentes momentos. O primeiro quando ainda era uma criança. O segundo, já adolescente. Os advogados negam as acusações.

 

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Zaloar Murat será empossado como desembargador na quarta-feira
Justiça
Julgamento de juiz é adiado
Justiça
Ação penal contra Puccinelli é suspensa pelo TRF3
Justiça
Inquérito para apurar ofensas a ministros do STF é arquivado
Justiça
Tânia Borges permanece afastada do cargo
Justiça
Segunda Turma do STF vai julgar novo HC de Lula
Justiça
MP terá nova postura em investigações
Justiça
Jurado passa mal e juiz cancela julgamento de PRF que matou empresário
Justiça
Juíza proíbe governo de “retirar” radares de rodovias federais
Geral
Manifestantes dão apoio ao PRF que matou empresário

Mais Lidas

Polícia
Homem tem mãos decepadas, na fronteira
Polícia
Ex-radialista é morta com 24 facadas pelo sobrinho
Geral
Meningite mata jornalista conhecido em MS
Polícia
De "braços abertos", indígena é atropelada em rodovia