Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 99647-9098
Justiça

Justiça aceita denúncia de estupro de vulnerável contra João de Deus

Advogados negam as acusações; médium continua preso

16 janeiro 2019 - 19h14Da redação com Agência Brasil

Nova denúncia apresentada pelo Ministério Público contra o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, é aceita pela Juíza Rosângela Rodrigues dos Santos, da Justiça de Abadiânia (GO).

Desta vez foi pelos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual. Com a decisão, João de Deus passa à condição de réu em dois processos criminais.

Proposta na terça-feira  (15) pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) a denúncia foi aceita pela magistrada. De acordo com o MP, 13 casos de crimes sexuais ocorreram entre o início de 1990 e meados de 2018.

As vítimas são do Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. Uma das mulheres que afirma ser vítima diz ter sofrido abuso em dois diferentes momentos. O primeiro quando ainda era uma criança. O segundo, já adolescente. Os advogados negam as acusações.

 

Prefeitura prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Juiz absolve garçom que esfaqueou Bolsonaro e manda interná-lo
Justiça
Incluindo figuras políticas, lista de testemunhas do "caso cheque" chama a atenção
Justiça
TRF1 mantém bloqueio de verbas a universidades
Justiça
Funcionário que tentou envenenar empresários vai a júri
Justiça
Paulo Passos fará palestra de abertura do III Encontro Nacional do MP, em Brasília
Justiça
Judiciário lança painel de combate a notícias falsas
Justiça
São Gabriel ganha novo Fórum
Justiça
Julgado por estupro, professor pega pena de 40 anos
Justiça
Justiça federal da Bahia manda MEC suspender bloqueio em universidades federais
Justiça
STF libera OAB de prestar contas ao TCU

Mais Lidas

Polícia
Durante encontro amoroso, homem é morto por ex-marido de mulher
Polícia
Ex-secretário morre em acidente na MS-157
Polícia
Tio e sobrinho são mortos a golpes de facão
Educação
Extrato de pagamento do Bolsa Família terá alerta sobre trabalho infantil