Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Justiça

Justiça determina prisão de "Marquinho" por homicídio no Coophavilla ll

Acusado de matar Alex Biadaszkiewcz em dezembro de 2022, Marcos Venícius Moreira Molina, está foragido

16 maio 2024 - 11h10Vinícius Santos

Em decisão recente, o juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, determinou a prisão preventiva de Marcos Venícius Moreira Molina, também conhecido como "Marquinho". Ele é réu pela morte de Alex Biadaszkiewcz, de 42 anos, cujo corpo foi encontrado sem vida em um imóvel abandonado na Rua da Península, esquina com a Rua Marambáia, no Bairro Coophavila II, em 22 de dezembro de 2022.

Após receber a denúncia do Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) contra Marcos Venícius, a Justiça tentou intimá-lo, sem sucesso. Devido ao seu 'sumiço', ele foi citado por edital, mas não compareceu ao processo. Desta forma, foi decretada sua prisão, com o mandato sendo válido até 15 de agosto de 2053. O juiz determinou ainda a suspensão do processo até que o réu seja localizado e preso.

Adryan Júnior Balbino dos Santos, o "Juninho", era outro réu no mesmo processo pelo assassinato de Alex Biadaszkiewcz. No entanto, ele acabou sendo morto a tiros em 16 de julho de 2023, na Avenida Manoel Costa Lima, no Bairro Guanandi, e sua punição foi declarada extinta.

Crime - Conforme denúncia do MPMS, ambos agiram em conjunto, utilizando pedaços de um objeto contundente para cometer o crime. A acusação aponta que a motivação foi uma suposta dívida de drogas, resultando na morte da vítima por meio de golpes com pedaços de concreto, socos e chutes.

O caso ainda segue em tramitação na Justiça. Com o mandado de prisão expedido, a Delegacia Especializada de Polinter e Capturas (POLINTER) deve agora realizar as diligências necessárias para a captura de Marquinho.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Justiça
TCE-MS suspende leilão de veículos em Paranaíba por indícios de irregularidades
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Interior
Prefeitura de Bandeirantes é multada em R$ 1 milhão por poluição ambiental
Produtor rural investigado por supressão de vegetação fecha acordo de R$ 10 mil com MPMS
Interior
Produtor rural investigado por supressão de vegetação fecha acordo de R$ 10 mil com MPMS
Juliano Ferro - Foto: Reprodução / Assessoria Prefeitura Municipal De Ivinhema
Interior
TCE-MS aplica multa a gestores de Ivinhema por 'infrações' em processo de licitação
Prefeita de Naviraí, Rhaiza Rejane Neme de Matos -
Interior
TCE multa prefeita e ex-gerente de saúde de Naviraí por irregularidades em licitação
A condenação se deu por lesão corporal leve e injúria estando em serviço
Justiça
Júri absolve pela 2ª vez acusado de matar homem por dívida de R$ 79 na Capital
Sergio Moro
Política
Tribunal Superior Eleitoral rejeita pedidos de cassação de Sérgio Moro
Deputada Carla Zambelli e o hacker Walter Delgatti
Justiça
STF torna Zambelli e Delgatti réus por invasão ao sistema do CNJ
Senador Sérgio Moro
Justiça
AO VIVO: TSE dá início a julgamento de Sérgio Moro
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas

Mais Lidas

Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Vítima estava em uma área de mata
Polícia
AGORA: Mulher é encontrada morta com vários ferimentos no corpo no Los Angeles