Menu
Busca domingo, 09 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
Governo 01
Justiça

No TJ, Reinaldo defende nova estratégia para presídios

Membros do CNJ estão na capital para a implantação do programa "Justiça Presente"

29 abril 2019 - 09h38Joilson Francelino

O governador Reinaldo Azambuja afirmou agora há pouco, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), que uma das melhores alternativas para a questão prisional seria o “aumento do tamanho das celas”, e não construírem novos presídios.

A fala de Azambuja se deu em solenidade onde o presidente do TJ-MS, Paschoal Leandro, recebe o secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Carlos Vieira Von Adamek, e o juiz auxiliar da Presidência do CNJ, Luís Geraldo Santana Lanfredi, que estão em Campo Grande para implantar o programa "Justiça Presente".

Reinaldo diz que existem recursos parados em contas de programas específicos para isso. O governador de MS pediu para os membros do CNJ apoio para uma força tarefa, que poderia desbloquear recursos e financiar uma nova estratégia para se criar vagas nos presídios, sem construir novas unidades. “Custam muito caro os presídios novos”, disse Reinaldo.

Programa Justiça Presente

O programa "Justiça Presente" foi criado para o fortalecimento de uma política para o sistema penitenciário. Os magistrados do CNJ apresentam os quatro eixos do programa que abordará os seguintes temas: reintegração social; monitoramento eletrônico e políticas de alternativas penais; além de políticas de cidadania e alternativas para se evitar o super-encarceramento.

Para melhor assimilação das atividades pelos atores locais, o programa foi dividido em três fases de implantação, que teve início em março, continuam em junho e julho de 2019 e se prolongarão até o encerramento do programa, previsto para julho de 2021.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Paraguai não acha provas contra Ronaldinho e ex-jogador pode ser inocentado
Justiça
“Se não contermos a pandemia, colapso na Saúde é invitável”, diz defensor-geral de MS
Justiça
AO VIVO: Audiência de “fechamento” termina sem acordo
Justiça
AO VIVO: Audiência do “fechamento”, o que pensam as partes?
Justiça
Juiz barra presença de vereador em reunião de conciliação
Justiça
Indústria terá assento em audiência amanhã sobre “fechamento” da capital
Justiça
Justiça: Drogasil terá que indenizar cliente por assédio de atendente
Justiça
Caso Prior: Delegada encerra inquérito de suposto estupro
Justiça
Suspeito de ajudar milícia, delegado Obara é solto pela Justiça
Justiça
Justiça quer diálogo antes de decidir sobre “fechamento”

Mais Lidas

Saúde
Coronavírus: Com 441 novos casos, capital já registra 12.934 infectados
Geral
Coronel David deixa hospital e cumprirá isolamento em casa
Geral
Com link de live, defensoria diz que já atuou com a prefeitura na pandemia
Política
Bolsonaro nomeia Temer como chefe da missão de ajuda ao Líbano